As 10 superarmas que o Exército russo emprega no Ártico

Proteção de interesses nacionais na região inclui construção de bases, realização de exercícios regulares e modernização de equipamentos para condições extremas.

Sistemas de mísseis Tor-M2DT

O Tor-M2DT é a versão ártica do sistema de mísseis superfície-ar de curto alcance Tor-M2 (SAM) e baseado no chassi do DT-30 Vityaz. O sistema é capaz de disparar simultaneamente seus 16 mísseis em quatro alvos aéreos a uma distância de 12 km.

Sistema de mísseis Pantsir-SA

Versão para o Ártico do Pantsir-S1, o Pantsir-SA também está baseado no chassi rastreado de um DT-30 – tirando dois canhões automáticos 2A38M do modelo principal. Em vez disso, o número de lançadores de mísseis aumentou de 12 para 18, e o sistema pode disparar simultaneamente contra quatro alvos a 20 km de distância.

Blindado BTR-82A

A versão adaptada e modernizada do blindado para transporte de pessoal BTR-82A é capaz de operar a temperatura de - 60ºC. Esse veículo pode também atravessar regiões pantanosas e litorâneas, além de neve com até 60 cm de espessura. A tripulação e o destacamento de desembarque são compostos por 3 e 7 soldados, respectivamente.

Quadriciclos DT-10PM e DT-30PM

Esses quadriciclos de duas unidades são verdadeiros “burros de carga” para as tropas russas no Ártico, onde carregam o peso da carga e o transporte de passageiros. O DT-10PM e o DT-30PM são capazes de superar vários tipos de terreno. Além disso, seu chassi foi usado nas versões para o Ártico dos sistemas Tor-M2DT e Pantsir-SA.

Helicóptero Mi-8AMTSh-VA

A versão modificada do helicóptero Mi-8AMTSh-V foi projetada para operar em condições de baixa temperatura (até -40ºC) e pouca visibilidade. Além de servir como um helicóptero de transporte para as tropas do Ártico da Rússia, vai também fornecer cobertura aérea e realizar operações de resgate no oceano Ártico.

Veículo TREKOL

Em 2017, vários 6x6 TREKOL-39294 passaram com sucesso nos testes do Ártico. O Ministério da Defesa planeja usá-los para atividades de reconhecimento e guarda de fileiras militares. Uma versão especial para o Ártico está na mesa de projetos, embora os modelos existentes já possam funcionar a baixas temperaturas.

Veículo de apoio contra incêndios Toros

O Toros é equipado com um canhão automático 2A42, uma metralhadora PKTM de calibre 7,62 mm e um lançador de foguete AG-17. Pode transportar grupos de desembarque e abrir o caminho para colunas de equipamentos militares com sua pá.

Tanque Т-80BV

O Ministério da Defesa russo planeja usar a versão totalmente modernizada do T-80BV como o tanque principal para as tropas russas do Ártico. Receberá também o novo sistema de mira e de controle de disparo Sosna-U, e blindagem reativa.

Motoneves AS-1 e TTM 1901-40

Esses veículos foram projetados para missões de reconhecimento e patrulha e pequenas operações de unidades móveis atrás das linhas do inimigo. O novo TTM 1901-40 é a primeira motoneve russa com a cabine fechada. 

Veículo blindado MT-LBV

O veículo blindado anfíbio MT-LBV foi projetado para operar além do Círculo Polar. Além do mais, armado com uma metralhadora pesada Kord de calibre 12,7 mm, pode ser usado como veículo de apoio, bem como trator e caminhão do Exército.

Além de máquinas, tropas russas no Ártico usam trenós puxados por renas e cães. Leia mais aqui.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies