Rússia iniciará fornecimento de S-400 para a China

Veículos militares com S-400 desfilam pela Praça Vermelha durante ensaio para o Dia da Vitória em Moscou, em 2010

Veículos militares com S-400 desfilam pela Praça Vermelha durante ensaio para o Dia da Vitória em Moscou, em 2010

Xinhua
Primeira entrega de avançado sistema de defesa aérea será feita ‘no futuro próximo’, revelou Serguêi Tchemezov, CEO da estatal de tecnologia Rostec, à agência TASS.

O contrato de fornecimento do sistema de defesa aérea S-400 à China será cumprido “sem demora”, segundo informações do diretor-geral da corporação de tecnologia russa Rostec, Serguêi Tchemezov, à TASS.

O governo chinês confirmou em meados do ano que comprará, ao menos, três lotes (seis divisões) do sistema para suas forças de defesa aérea.

Cada divisão consiste em oito lançadores, 112 mísseis, além de veículos de comando e apoio necessários.

Quando questionado se a Rússia pretende ou não localizar a produção de S-400 na Turquia – que, embora seja membro da Otan, também está adquirindo o sistema de defesa aérea russo –, Tchemezov rapidamente encerrou o assunto.

“Você pode tentar produzir um carro em um território vazio, mas isso é irrealista, porque serão necessários especialistas treinados para construí-lo”, disse Tchemezov, acrescentando que a Turquia tem o mesmo entendimento.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies