Filhote de leão-das-cavernas, extinto há 10.000 anos, é encontrado congelado na Sibéria

Arne Dedert/Global Look Press
Cadáver bem preservado foi descoberto na Iakútia. Há dois anos, cientistas acharam outros dois exemplares semelhantes na mesma região.

O corpo congelado de um filhote de leão-das-cavernas de um ano de idade, com membros intactos e sem sinais de danos à pele, foi recentemente descoberto por um morador local, segundo Academia de Ciências da Iakútia, na Sibéria Oriental.

Acredita-se que os restos datem da última Era do Gelo.

Até hoje, apenas três exemplares bem preservados da espécie, cujo nome científico é Panthea spelaea, foram encontrados. Dois anos atrás, outros dois filhotes de leão-das-cavernas bem preservados foram achados em uma caverna também na Iakútia.

Estima-se que esses leões, que habitavam a Europa e a Sibéria, se extinguiram aproximadamente 10.000 anos atrás.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies