Após atentado na Turquia, Pútin e Erdogan reforçam iniciativas

Vladímir Pútin e Recep Tayyip Erdogan Foto: Reuters

Vladímir Pútin e Recep Tayyip Erdogan Foto: Reuters

Em conversa telefônica no domingo (26), líderes discutiram perspectivas sobre Oriente Médio e destacaram necessidade de repelir ameaças do Estado Islâmico.

Os presidentes da Rússia, Vladímir Pútin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, conversaram por telefone, no domingo (26), sobre a situação no Oriente Médio.

“Os dois chefes de Estado trocaram opiniões sobre a situação sobretudo na Síria e no Iraque (...) para aumentar a eficiência dos esforços e repelir as ameaças provenientes do Estado Islâmico”, lê-se em nota publicada no site do Kremlin.

A ideia é promover, no âmbito de uma coordenação multilateral e bilateral mais próxima, novas “medidas com base no direito internacional para enfrentar a ameaça do terrorismo e do extremismo”.

Ainda segundo a nota, a conversa teria partido do lado turco.

Durante o telefonema, Pútin e Erdogan também discutiram questões atuais e perspectivas de cooperação bilateral em diferentes esferas.

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Leia mais