A arquitetura brutalista soviética em fotos de encher os olhos

Instituto de Robótica, São Petersburgo.

Instituto de Robótica, São Petersburgo.

Kseniia Ivanova/Getty Images
Estes pesados edifícios feitos de concreto armado datam das décadas de 1950 a 1970 e ainda impressionam por sua força e aparência severa.

O brutalismo surgiu como estilo de arquitetura modernista na Grã-Bretanha após a Segunda Guerra Mundial e logo se espalhou pelo mundo. Ele encontrou espaço principalmente na URSS. Mas, enquanto os países europeus já se livraram de muitos de seus edifícios brutalistas, eles sobrevivem na Rússia. Fizemos uma seleção de alguns dos mais impressionantes deles:

Casa dos Aviadores, em Moscou

Este edifício residencial para trabalhadores de uma fábrica de aviação foi apelidado de “centopeia” por sua forma incomum. Foi construído em 1978 baseado em projeto do arquiteto Andrêi Meerson e, inicialmente, foi planejado como um hotel para participantes das Olimpíadas de 1980.

O edifício fica fundamentado sobre 40 pilares que criam uma “corrente de ar”, para salvaguardar os moradores dos gases de escape da estrada. Assim, o primeiro andar se situa, na verdade, no nível do quarto piso. Essess pilares foram criados usando tecnologia de construção monolítica, enquanto o resto do edifício foi feiro a partir de painéis padronizados que se sobrepõem, o que criou um efeito de escamas.

“Todo o apartamento foi projetado nas proporções certas: a cozinha é quadrada e tem um nicho especial para a geladeira, o banheiro é muito espaçoso etc.”, diz a moradora Anna.

Cinema Avrora, em Krasnodar

Um dos espaços mais cultuados de Krasnodar, o cinema Avrora foi construído em 1967 e já em 1981 foi tombado como monumento arquitetônico. Visto de fora, ele parece um enorme navio com fachada de vidro de exibição.

A praça em frente ao prédio tem uma escultura do cruzador “Aurora” e uma fonte. Hoje, o edifício está em reforma: os arquitetos prometem restaurar sua aparência histórica e adicionar novas salas de cinemas no subsolo.

Teatro Dramático Acadêmico Estatal de Tcheliábinsk

Este edifício, erguido em meados da década de 1970, lembra aos moradores e visitantes da cidade da história industrial dos Urais. O edifício brutalista de mármore é enfeitado com molduras de ferro fundido requintadas criadas na cidade de Kasli, ali perto, enquanto os interiores apresentam pedras raras (jaspe vermelho, amazonita) e madeira. O foyer do teatro é enfeitado com esculturas de mármore de artistas locais.

Teatro de Ópera e Balé Estatal da Tchuváchia

Os internautas comparam o teatro em Tcheboksari, a capital da Tchuváchia, ao deserto de gelo de um planeta desconhecido. O edifício "espacial" surgiu em 1985 e tornou-se símbolo da cidade, apesar de ser difícil de adivinhar que ele é teatro. Por dentro, porém, o teatro parece um verdadeiro palácio, com uma escadaria principal requintada e um lustre do tamanho de uma casa de dois andares.

Biblioteca Pública Estatal do Don

Quando olhamos para este prédio, é impossível não perguntar: "Mas onde estão as janelas?" Parece parecer que o prédio da biblioteca em Rostov-no-Don só tem paredes e lembra um memorial de guerra. A biblioteca do Don é o maior centro cultural regional, e reúne mais de cinco milhões de livros. As paredes são revestidas por dentro com mármore e as salas de leitura têm jardins de inverno e cascatas.

Instituto Central de Ciências e Pesquisa de Robótica de São Petersburgo

Esta enorme torre de 77 metros de altura é um laboratório de testes para tecnologias espaciais construído na década de 1970. Sua forma lembra um satélite ou uma nave espacial. A torre é uma estrutura de metal feita de painéis encomendados de concreto com cerâmica. Por dentro, ela é oca.

Centro Empresarial, Tver

Os moradores locais chamam este edifício de “cálice”. Há até quem brinque que, durante a construção, os operários devem ter virado as plantas de cabeça para baixo. Originalmente, o “cálice” devia servir de hotel para as Olimpíadas de 1980, mas ele não foi concluído a tempo. Nos anos seguintes, ele praticamente não foi usado, embora por um tempo uma companhia de TV estivesse localizada ali. Em 2013, após uma longa reforma, o edifício foi transformado em um centro empresarial.

LEIA TAMBÉM: Como os italianos construíram o Kremlin (e ajudaram Moscou a vencer guerras)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies