8 curiosidades sobre Derbente, uma das cidades mais antigas da Rússia e do mundo

Serguei Fomine/Global Look Press
Com população praticamente não russa, cidade no Daguestão foi fundada no século 6 a.C. Seus edifícios expressam os diferentes povos e religiões que a dominaram.  

Fundada no século 6 a.C., a cidade daguestanesa de Derbent, no sul da Rússia, é considerada a cidade mais do país; pelo menos, até a reunificação da Crimeia com a Rússia em 2014 (desde então, o título passou para Kertch, fundada no século 7 a.C.). Os nativos de Derbent, porém, acreditam que a cidade tenha mais de 5.000 anos.

Antigamente, Derbente era conhecida como os “Portões do Cáspio”.

Devido à sua posição estratégica na costa do mar Cáspio, encurralada entre as montanhas e o mar, era considerado um ponto importante de defesa para proteger o “civilizado Império Persa” das “hordas de bárbaros selvagens do norte”.

Durante sua história de séculos, Derbente sofreu várias invasões e passou de mãos em mãos dezenas de vezes. Entre os povos que controlaram a cidade estão persas, árabes, turcos e mongóis. Desde 1813, a cidade pertence à Rússia.

Derbente tem a fortaleza mais antiga da Rússia. Narin-Kala (“Fortaleza ensolarada”, em línguas turcas) foi fundada no século 6 pelos persas, quando a cidade estava sob o domínio do Império Sassânida. Um dos locais de destaque ​​da fortaleza é o chamado “Dia dos Portões do Julgamento”, com os restos de um local sagrado para rituais islâmicos. Construído nos séculos 10 e 11, os “portões” eram como um portal para outro mundo. Os místicos medievais tinham certeza de que Alá poderia ser ouvido lá.

Alguns pesquisadores acreditam que a igreja cristã mais antiga da Rússia (datando do século 4) também está localizada em Derbente, no território da fortaleza Narin-Kala.

A Mesquita Juma, em Derbente, é a mais antiga do país, assim como de todo o território da extinta União Soviética. Construída no ano 734 depois que o Califado Omíada conquistou a cidade, tornou-se um dos principais lugares de onde o Islã se espalhou até chegar ao cenário da Rússia moderna. Embora esta seja uma mesquita xiita, também é comum ver fiéis da tradição sunita orando neste templo.

Hoje, mais de 60 nacionalidades convivem em Derbente.

Apenas 3,5% dos 124.000 moradores locais são russos. Os maiores grupos étnicos são de lezguianos (33%), azeris (32%) e tabasarans (15%).

Localizado não muito longe da fronteira do Azerbaijão, Derbente é a cidade mais meridional da Rússia. O outono aqui é quente, o inverno é curto e ameno, e apenas o mar Cáspio salva as pessoas do calor do verão.

VEJA TAMBÉM: Na corda bamba do Daguestão: a arte de se equilibrar entre montanhas 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies