As 7 igrejas católicas e protestantes mais belas da Rússia

Legion Media
Com a predominância da fé ortodoxa no país, os templos católicos e protestantes são pérolas raras e verdadeiras obras arquitetônicas em território russo.

Catedral da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria  (Moscou) 

Maior igreja católica da Rússia, a Catedral da Imaculada Conceição foi construída no início do século 20 com a ajuda de doações da diáspora polonesa. Conseguiu sobreviver à perseguição bolchevique e campanhas antirreligiosas. Hoje, esse templo é o principal espaço de orações para católicos na capital russa.

Igreja Anglicana de Santo André (Moscou)

Esse edifício gótico destoa do conjunto arquitetônico de Moscou. No período soviético, devido à sua acústica, a Igreja Anglicana de Santo André foi usada pela gravadora Melodia como estúdio. A pedido da rainha Elizabeth 2ª em 1994, o presidente Boris Iéltsin devolveu o edifício à comunidade local de expatriados ingleses. 

Igreja Católica do Santo Rosário (Vladimir, 184 km ao nordeste de Moscou)

No início do século 20, os revolucionários russos usavam essa igreja para realizar reuniões secretas, disfarçando-se de paroquianos. É por isso que, quando os bolcheviques tomaram o poder em 1917, eles não destruíram a Igreja do Santo Rosário; mas, no entanto, o templo acabou sendo fechado.

Catedral de São Pedro e São Paulo (Moscou)

Uma das igrejas protestantes mais antigas da Rússia, a Catedral de São Pedro e São Paulo foi construída em 1905.

LEIA TAMBÉM: Qual a diferença entre o batismo russo ortodoxo e o católico? 

Nos tempos soviéticos, era usada como cinema, assim como pelo estúdio Diafilm (Filmstrip), que levou à destruição do interior original. O aspecto histórico da catedral foi restaurado apenas no início dos anos 2000.

Igreja do Sagrado Coração (Samara, 1.050 km ao sudeste de Moscou)

Essa igreja católica na cidade de Samara, às margens do rio Volga, contém algumas das relíquias sagradas de Martinho de Porres, o primeiro santo negro da América, e o patrono de todos aqueles que buscam a harmonia racial.

Igreja Evangélica Luterana de São Paulo (Vladivostok, 9.134 km ao leste de Moscou)

No período soviético, a igreja foi ocupada pelo Museu Histórico Naval da Frota do Pacífico Soviética. Armas foram colocadas nos portões e um busto de Lênin era destaque no altar. Atualmente, a igreja recebe ajuda do governo da Alemanha, que a reconheceu como parte da herança alemã no exterior.

Igreja de Nossa Senhora da Assunção (Kursk, 530 km ao sul de Moscou)

Assim como todas as outras igrejas na Rússia, esta também foi saqueada durante a Revolução de 1917. No entanto, em 2000, um jovem chamado Albert devolveu três ícones para a igreja, além de uma cruz, entre seus tesouros perdidos.

Segundo ele, seu pai havia secretamente escondido os objetos sagrados durante o caos revolucionário, e enfim poderiam devolvidos a seu devido lugar. O destino dos outros tesouros roubados, no entanto, permanece desconhecido.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies