Passeio em realidade virtual permite visitar edifícios nunca construídos em Moscou; assista

Retro Futuro
Arranha-céu stalinista ao lado do Kremlin e Palácio dos Sovietes gigante no lugar da Catedral de Cristo Salvador estão entre principais atrações.

O novo passeio virtual “A Moscou que nunca existiu”, organizado pela agência Moscow Through Engineer’s Eyes (Moscou Através dos Olhos de Engenheiro, em tradução livre), permite observar, com a ajuda de óculos de realidade virtual VR, projetos do século 20 nunca construídos nos locais onde foram planejados.

Entre as principais atrações do passeio estão:                

- Palácio dos Sovietes, que deveria ser construído no local da Catedral de Cristo Salvador. Esse arranha-céu, de 495 metros de altura, teria uma figura gigante de Vladímir Lênin no topo, como símbolo máximo do poder soviético;

- A oitava das chamadas Sete Irmãs de Stálin seria erguida bem ao lado do Kremlin, onde foi aberto parque Zariadie neste ano;

- Edifício do Ministério de Indústria de Base, em vez da loja de departamento GUM, no centro da capital. Esse edifício poderia ter transformado a Praça Vermelha em uma caixa futurista cercada por arranha-céus de vidro;

- Palácio Construtivista do Trabalho, no local onde foi instalado o Hotel Moskva (atualmente, da rede Four Seasons);

- Olhar alternativo do Mausoléu de Lênin, entre outras atrações. 

Para mais informações e compra de ingressos, clique aqui(em russo).

Quer saber mais sobre turismo em Moscou?

Leia "10 apps gratuitos para se virar em Moscou"

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies