3 deliciosos pratos russos feitos com caqui; aprenda receitas

Legion Media
Com sua suculenta polpa alaranjada e sabor levemente ácido, o caqui é uma fruta inconfundível. É geralmente consumido fresco, mas, se estiver procurando novas sensações, experimente as versões abaixo.

Para os russos, o caqui é uma das razões pelas quais não se deve temer o inverno. Doce e brilhante, eleva o humor, apesar do mau tempo, graças ao seu teor de magnésio, glicose e frutose. Apenas um por dia é suficiente para lutar contra a tristeza do inverno – caso raro em que a felicidade pode ser comprada e consumida.

Na Rússia, o caqui é cultivado sobretudo na costa do mar Negro. Porém, como até mesmo o sul do país sofre com pequenas geadas, os botânicos desenvolveram vários tipos imunes ao frio. O fruto dessas variedades é ainda mais doce e suave, e o “ouro laranja” cultivado no Cáucaso é vendido por todo o país.

LEIA TAMBÉM: 7 hábitos de alimentação saudáveis dos russos para repetir em qualquer canto do mundo 

O caqui é particularmente popular durante a estação fria, por ser rico em vitaminas A, C e R. Mas, em vez de listar todos os seus benefícios, é muito mais prático dizer quem deve ter cuidado ao comê-lo: diabéticos ou pessoas com problemas digestivos. Todos os demais podem desfrutar de nossas receitas sem comedimento.

Caqui ao forno com nozes e mel

Corte a parte superior do caqui, retire a polpa com uma colher e pique. Misture com duas colheres de chá de mel, adicione uma pitada de canela e nozes picadas (ou outro tipo de frutos secos). Preenche o caqui com a mistura anterior, cubra com o topo cortado e leve a fruta recheada ao forno (pré-aquecido a 180°C) por 10 a 15 minutos. Tire a parte superior ao servir.

‘Zapekanka’ (pudim) de caqui

Lave dois caquis, descasque-os, tire as sementes e corte as frutas em cubos. Cubra com água e leve à fervura. Adicione 100 g de semolina à água fervente e mexa sem parar por dois minutos. Retire a pasta formada e deixe esfriar.

Misture 2 ovos, 100 g de açúcar e 8 g de açúcar de baunilha. Adicione tudo à mistura de caqui e mexa bem. Acrescente 600 g de queijo cottage e misture novamente.

O pudim cozinha melhor em uma forma de bolo untada com manteiga e polvilhada com farelos de pão. Despeje a massa, alise e cubra com sour cream (creme de leite azedo).

Leve o pudim ao forno (pré-aquecido a 180° C) por 40 minutos e, em seguida, reserve. Esse pudim de caqui tem um sabor único de abacaxi, nectarina e manga ao mesmo tempo.

Panquecas de caqui

Prepare as panquecas com farinha, ovos, leite, açúcar e sal. Misture 100 g de queijo cottage com uma colher de sopa de creme de leite azedo e 2 colheres de sopa de açúcar.

As panquecas podem ser servidas na forma de rolinhos; neste caso, deve-se espalhar uma fina camada da mistura de cottage sobre a panqueca já fria, cobrir com um pouco de caqui picadinho e enrolar a massa em um tubinho.

Corte cada panqueca em 3 a 4 pedaços e coloque-os cuidadosamente sobre um prato. A panqueca também pode ser dobrada como se fosse um envelope e frita novamente na panela. Seja como for, para dar aquele toque final, acrescente creme de leite azedo, geleia ou fatias de maçã.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies