Fotos de arquivo promovem viagem pela história da Sibéria; veja

A maior região da Rússia é um território frio e, às vezes, inóspito. Por meio das fotos abaixo, viaje pela história para entender por que esse lugar acumula enigmas.

Mineiros no rio Amur, início da década de 1880

Pastores nômades de renas, membros do povo evenki, perto do rio Ob, na Sibéria ocidental, 1888

Sábado à noite, membros do Komsomol (juventude comunista), em Bratsk, região de Irkutsk, em 1959

Fábrica metalúrgica na cidade de Novokuznetsk, em 1976

Ferrovia Salekhard–Igarka abandonada, antiga rota para a gulag (campo de trabalho forçado) no noroeste da Sibéria, em 1977

LEIA TAMBÉM: Como a conquista da Sibéria se diferencia da da América 

Linha Baikal-Amur, com mais de 4.000 km, é parte importante da Transiberiana. Imagem tirada na região de Krasnoiarsk nos anos 1980

Crianças em idade escolar com urso perto de Khantaika, o segundo maior lago da região, depois do Baikal, nos anos 1980

Koriakia, na península de Kamtchatka, em 2000

Recém-casados nos arredores de Novosibirsk, em novembro de 2010

Banho em Krasnoiarsk, em novembro de 2010

Inverno na Baía de Nagáev, na região de Magadan. Um lugar verdadeiramente remoto...

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies