Pôsteres mostram como autoridades soviéticas atacavam Deus, padres e religiões; veja

Desde que os comunistas tomaram o poder na Rússia, foi travada uma guerra implacável e frenética contra as religiões. Ao substituir a fé em Deus pela fé no socialismo, eles tentaram conquistar o coração e a mente das pessoas.

“Religião é veneno. Salve as crianças!”

“A luta contra a religião é uma luta pelo socialismo!!!”

“Deus não existe!”

“Eles estão ajudando o capitalismo e interferindo nos trabalhadores. Saiam do caminho!”

“Contra feriados, vadiagens e bebedeiras. Pelo trabalho árduo”

“Mulheres! Fiquem longe das armadilhas religiosas! Construam o socialismo!”

“Todo mundo sabe: onde há trabalho, padres e bêbados são igualmente prejudiciais”

“Este é o meu amado Filho, com quem estou muito satisfeito”

“Não se deixe enganar pelos padres! Liberte-se da droga religiosa!”

“Dança circular”

“Cruz e trator”

“O padre está defendendo os velhos tempos. Sem chance!”

VEJA TAMBÉM Igreja Ortodoxa e Revolução, uma relação dúbia

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies