Os 10 melhores trólebus já projetados na Rússia

Sputnik
Vários modelos diferentes foram produzidos na URSS e na Rússia. Entre eles, estão o mais numeroso do mundo, o raríssimo de dois andares e o primeiro trem-trólebus.

1. Bonde Freze

O primeiro trólebus russo, conhecido como “bonde Freze”, viu a luz do dia em 1902. Foi projetado por Piotr Freze, o inventor do primeiro carro russo.

2. LK-1

O primeiro trólebus soviético LK-1 apareceu nas ruas de Moscou em 15 de novembro de 1933. Os trólebus da LK operaram apenas alguns anos antes de serem substituídos em 1936 por modelos YaTB mais avançados.

3. YaTB-3

Nos anos 1930, surgiram trólebus de dois andares em alguns países europeus, e a União Soviética não quis ficar de fora. O YaTB-3, projetado pela Fábrica de Motores de Iaroslavl, circulou nas ruas de Moscou de 1938 até meados da década de 1950.

4. MTB-82

O MTB-82 foi um dos primeiros trólebus pós-guerra na URSS. Este modelo foi usado no primeiro ‘trólebus-trem’ do mundo, com dois conectados operando como um só.

5. SVARZ TS

O SVARZ TS, ou TS-1, o primeiro trólebus articulado soviético, surgiu em 1959. Apesar desse trólebus gigante ter sido projetado para acomodar 160 passageiros, ele costumava transportar o dobro desse número no horário de pico em Moscou.

6. ZiU-5

Mais de 16 mil trólebus ZiU-5 apareceram nas ruas das cidades soviéticas no final dos anos 1950. Isso fez com que fosse o trólebus mais produzido em massa pela URSS naquela época. O ZiU-5 era adorado pelos amantes de velocidade – alguns motoristas aceleravam até 100 km/h, embora sua velocidade declarada fosse de 68 km/h.

7. ZiU-9

Com mais de 42 mil unidades produzidas, o ZiU-9 foi o trólebus mais numeroso do mundo. Sua produção começou em 1972 e cessou apenas recentemente, em 2015.

8. KTG

Este caminhão com alimentação elétrica, projetado pela Fábrica de Transporte Elétrico de Kiev, foi lançado em 1976. Se necessário, era possível usar um motor de combustão interna. A popularidade desses veículos na União Soviética atingiu o ápice nos anos 1970 e 1980, mas, hoje em dia, são raramente usados. 

9. TrolZA-5275 “Optima”

Projetado em 1999, esse trólebus ainda está em produção. Pode operar em condições climáticas extremas: do calor ao frio intenso.

10. NefAZ-5299Т

A principal vantagem desse novo trólebus é o fato de consumir 20% menos eletricidade do que a maioria de seus análogos. Os projetistas ainda planejam aumentar essa margem para 40%.

Curtiu? Então veja também 15 projetos revolucionários de ônibus da Rússia.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais