Neste dia: era tomada a decisão de dissolver a URSS

Sputnik
Há exatos 26 anos, líderes da Rússia, Bielorrússia e Ucrânia firmaram um acordo estabelecendo o fim do bloco soviético e a criação da CEI.

Em 8 de dezembro de 1991, os então líderes da Rússia, Bielorrússia e Ucrania assinaram confidencialmente um documento não oficial chamado Pacto de Belaveja, que marcou a criação da Comunidade de Estados Independentes (CEI).

O documento confirmava a dissolução da União Soviética, estabelecendo a estrutura da CEI como modelo político para o antigo bloco.

A entidade ficou aberta à incorporação de outros países além dos três signatários, e, ao longo de dezembro e dos meses seguintes, outras ex-repúblicas soviéticas – Armênia, Azerbaijão, Cazaquistão, Geórgia, Quirguistão, Moldávia, Turquemenistão, Tadjiquistão e Uzbequistão – também aderiram ao tratado.

“Naquela época, nenhum órgão de poder da União Soviética funcionava de maneira normal. O país se encontrava à beira de uma perigosa anarquia”, lembrou Guennádi Burbulis, um dos aliados do primeiro presidente da Federação Russa, Boris Iéltsin.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies