9 curiosidades sobre o vencedor russo do US Open 2021, Daniil Medvedev

Getty Images
Foi uma jornada cheia de superação desde a faculdade de economia até derrotar Rafael Nadal e Novak Djokovic e arrebatar o primeiro título no Grand Slam.

O tenista russo Daniíl Medvedev, 25, venceu Novak Djokovic na final do US Open de 2021 e conquistou seu primeiro título no Grand Slam em 12 de setembro. Assim, o russo frustrou a tentativa de Djokovic de se tornar o primeiro jogador em 52 anos a vencer todos os quatro campeonatos (Aberto da Austrália, Aberto da França, Wimbledon e Aberto dos Estados Unidos) em um ano.

Este é o primeiro grande prêmio de Medvedev no tênis depois de um longo e complicado percurso para ingressar na elite do esporte. Eis 10 curiosidades sobre Daniil:

1. Começou “tarde”

Medvedev começou a jogar tênis aos nove anos de idade, algo fora da curva para jogadores de tênis profissionais.

Ele experimentou muitos esportes e hobbies antes do tênis. No início, seus pais queriam que ele se dedicasse à natação, mas não deu certo. Depois disso, ele tentou xadrez e pintura, até perceber que sua paixão era o tênis.

2. Estudou matemática

Medvedev estudou em uma escola especializada em matemática e foi à universidade antes de se tornar tenista profissional.

Ele entrou na escola de matemática na 7ª série (depois de terminar os primeiros 6 anos da escola regular) e também está entre os poucos jogadores de tênis profissionais que frequentaram as aulas até os 14 anos — já que os atletas profissionais normalmente estudam por um programa especial, que permite menos horas na escola e mais tempo em treinamento.

O novo astro do tênis ingressou até mesmo na universidade de elite russa MGIMO, em Moscou. Mas, depois de um ano de estudos, ele decidiu se comprometer totalmente com sua carreira profissional no tênis.

3. Mudou-se para a França aos 18 anos

Quando Medvedev completou 18 anos, ele se mudou para a França e ingressou no Elite Tennis Center, em Cannes. Ali, ele conheceu seu mentor, Gilles Cervara, que viria a ajudá-lo a se tornar uma das estrelas em ascensão no esporte.

4. Levou apenas um ano para chegar ao Top 100 de tenistas do mundo

O avanço de Medvedev na carreira profissional aconteceu em 2016. Naquele ano, ele subiu 232 posições no ranking ATP, chegando ao 99º lugar e tornando-se elegível para começar a jogar torneios do Grand Slam.

5. Chegou ao primeiro ATP Finals aos 20 anos

Medvedev ganhou fama mundial quando chegou ao ATP Finals em janeiro de 2017, com apenas 20 anos de idade. Ele acabou perdendo a final do Chennais Open para Roberto Bautista Agut em dois sets. Apesar da derrota, Medvedev saltou mais 34 posições, de 99° para 65° no ranking da ATP, um novo recorde em sua carreira.

6. Após o torneio ATP, ele teve a 'doença do beijo'

Logo após a competição, Medvedev passou algumas semanas no hospital com mononucleose — também chamada de "doença do beijo", já que é transmitida pela saliva. A doença o impediu de vencer nas finais da ATP.

7. Ganha quase US$ 12 milhões ao ano

Medvedev venceu um dos maiores torneios do Grand Slam e, com isso, fortaleceu sua posição na lista da Forbes dos 40 russos mais bem-sucedidos abaixo dos 40 anos de idade.

Devido a seu recente sucesso, Daniil Medvedev estendeu seu acordo de patrocínio com a BMW até 2024 e renovou contrato com a marca francesa de roupas e equipamentos esportivos Lacoste até 2026. O tenista também é patrocinado pela fabricante de relógios suíça Bovet, assim como pela fabricante de raquetes de tênis francesa Tecnifibre e o banco russo Tinkoff.

De acordo com a Forbes, todos esses acordos de patrocínio, assim como as vitórias em torneios garantem uma renda de US$ 11,8 milhões anuais a Medvedev.

8. Adora carros velozes

Medvedev adora carros esportivos e meter o pé no acelerador. Em agosto de 2020, ele chegou a perder a carteira de motorista depois de ser pego dirigindo a 163 km/h nas ruas de Mônaco.

9. É casado

Garotas, tirem os olhos de Daniil, pois ele é um moço casado há três anos. Ele pediu sua namorada, Daria, que também é tenista, em casamento em 2017. Em 12 de setembro de 2018, o casal selou o compromisso em Moscou.

Medvedev faz de tudo para separar a carreira profissional da vida pessoal. Ele não marca os entes queridos nas fotos do Instagram e tenta não os exibir nas redes sociais em geral. Até mesmo o nome de solteira da mulher dele ainda é um mistério — até mesmo para nós.

LEIA TAMBÉM: Ginástica rítmica masculina está em alta na Rússia, apesar do preconceito

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies