Rússia terá observatórios para acompanhar ursos durante a hibernação

Dpa/Global Look Press
Ideia é criar territórios o mais próximo possível de habitat natural. No entanto, o experimento dependerá da atitude dos visitantes, que não poderão acordar animais.

O Zoológico de Novosibirsk se tornará o primeiro na Rússia a ter observatórios onde os visitantes poderão observar os ursos hibernando.

“Este será o primeiro caso desse tipo na Rússia, que nos permitirá avaliar a atitude das pessoas em relação aos animais. Se os visitantes não acordarem os ursos, vai funcionar. Mas se algo não correr como deveria, os observatórios serão usados ​​para fins científicos pela equipe do zoológico”, explicou o diretor do zoológico, Andrei Shil.

Segundo ele, a adaptação e construção de novos recintos para animais serão concluídas entre outubro e novembro deste ano. Os ursos-malaios  que devem chegar ao Zoológico de  Novosibirsk ainda este ano, só voltarão a aparecer no ano que vem.

O plano é criar uma área especial para cada urso com condições de vida especiais. Assim, por exemplo, um urso pardo terá seu próprio território com água e peixes, em um ambiente o mais próximo possível de seu habitat natural.

O Zoológico de Novosibirsk, um dos maiores da Rússia, abriga mais de 780 espécies de animais, dos quais 120 estão em perigo de extinção.

LEIA TAMBÉM: Como os russos lidam com ursos supercuriosos (ou simplesmente famintos)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies