Cineasta Oliver Stone é vacinado com Sputnik V: “Não entendo por que é ignorada no Ocidente”

Panoramic/Keystone Press Agency/Global Look Press
Segundo ele, Rússia e China podem ser “excelentes parceiros” para os EUA.

O diretor norte-americano Oliver Stone, três vezes vencedor do Oscar, informou que há alguns dias foi imunizado contra o coronavírus com a vacina russa Sputnik V.

“Recebi a vacina há alguns dias. Ainda não sei até que ponto a vacina russa é eficaz, mas ouvi muitas reações positivas. Ainda tenho que me vacinar [a segunda dose], terei que voltar ”, disse Oliver Stone, citado pela agência TASS.

“Não entendo por que [a vacina russa] é ignorada no Ocidente, a imprensa simplesmente se mantém em silêncio sobre todas as informações”, acrescentou Stone em entrevista ao canal de televisão Piervi.

“Em sua loucura, os Estados Unidos consideram a Rússia e a China como países hostis, embora eu pessoalmente não ache isso. Acredito que a Rússia e a China podem ser excelentes parceiros para os EUA. Podemos construir o futuro juntos. O problema é que nem todo mundo entende isso”, arrematou Stone.

LEIA TAMBÉM: Argentina assina contrato de importação da vacina Sputnik V

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies