Trem de alta velocidade Moscou-São Petersburgo ganhará vagão-leito

Agência Moskva
Empresa abraça demanda de passageiros, embora viagem seja de apenas 4 horas.

A companhia estatal Ferrovias Russas (RZhD, na sigla em russo) planeja equipar os novos modelos do trem de alta velocidade Sapsan, que conectam Moscou a São Petersburgo, com vagões-leitos. A novidade vem em resposta a pedidos feitos por passageiros; espera-se que os novos vagões entrem em circulação em 2022.

O anúncio foi feito pelo vice-diretor geral da empresa, Dmítri Pegov.

“No novo Sapsan, cuja produção já começou com a Siemens e que será entregue em 2020, haverá um vagão-leito [em cada trem]”, informou a assessoria de imprensa da Ferrovias Russas, conforme escreve o jornal “Rossiyskaya Gazeta”.

Os trens de alta velocidade Sapsan fazem viagens diárias entre as duas “capitais” da Rússia desde 2009; a viagem dura cerca de 4 horas.

LEIA TAMBÉM: Transiberiana a bordo de trem retrô luxuoso sai a partir de US$ 15.000 – mas vale cada centavo

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies