‘Lukôchko’ e ‘tuesók’: as bolsas da Rus antiga que voltaram à moda

Юрий Кавер/Sputnik; aliexpress.ru/Sputnik
Designers começaram a usar antigas cestas eslavas de frutas como acessórios fashion.

Nenhum fashionista pode imaginar um guarda-roupa de verão sem uma bolsa de vime, e, nos últimos anos, acessórios que lembram velhas cestas russas foram hits. Eles são tão bons para colher frutas na floresta, como para colocar as compras do mercado ou passear.

‘Lukôchko’, uma cestinha

Na velha Rus, a uma palha “líko” era o material mais acessível e, por isso, era usada para fazer uma variedade de itens essenciais para o dia-a-dia, desde sapatos (os chamados “lápot”) até louças. Cestos de vários formatos e com propósitos diversos eram um item obrigatório na casa de qualquer camponês.

Um pequeno cesto de vime se chama “lukôchko”, que vem da palavra russa “líko”, que denomina a palha usada. Eles eram usados para colher bagas e cogumelos, assim como para semear e colher.

Um “lukôchko” é uma cesta leve que as pessoas carregavam consigo praticamente para todos os lugares. Se necessário, ela podia ser feita diretamente na floresta, com a fibra coletada ali mesmo. Muitas vezes, esses cestos eram usados ​​até como travesseiros: eram recheados com palha para dar forma e maciez, e cobertos com tecido.

Na velha Rus, o “lukôchko” era uma unidade de medida, embora não oficialmente, já que todos eles tinham um volume diferente. Para uma pessoa russa, era claro que "um ‘lukôchko’ de morangos" não era muito, mas suficiente. Se você for a qualquer mercado na Rússia, verá que as frutas vermelhas ainda são vendidas em pequenos “lukôchko”.

Além disso, as bolsas “lukôchko” sempre foram populares entre as moças!

‘Kuzovók’ para bagas

Outro tipo de cestas russas é o “kuzovók”. Normalmente, uma bolsa cilíndrica de casca de bétula com tampa. Ela era destinado principalmente a bagas, para que elas não chegassem esmagadas em casa.

Por conveniência, o “kuzovók” tinha uma alça de ombro. Aliás, a cesta está em um dos mais famosos ditados russos: “Назвался груздем, полезай в кузовок”, ou seja, “se diz que é um cogumelo, então vá para a cesta”. Isso significa que é preciso assumir a responsabilidade pelas próprias palavras e, se você disse que faria algo, faça.

‘Tuesók’, insubstituível na cozinha

O “tuesók” é um cesto cilíndrico de casca de bétula para armazenar alimentos na cozinha. Frequentemente ele tem uma tampa com alça. Os fabricantes de “tuesók” costumam dar asas à imaginação, decorando suas criações com diversos desenhos.

Cada região tinha sua maneira tradicional de decorar esses recipientes, usando desde ornamentos florais até cenas da vida cotidiana. Hoje, pode-se comprar um “tuesók” em praticamente qualquer loja de utensílios domésticos. Eles são usados até a atualidade para armazenar cereais.

VEJA MAIS: Para que cossacos e outros povos do Cáucaso usam estes bolsinhos?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies