As 5 cosplayers mais famosas da Rússia (FOTOS)

Evguêni Odinokov/Sputnik
De Hermione Granger, da série Harry Potter, e Lara Croft aos piores monstros, essas cinco mulheres conquistam seguidores incorporando personagens famosos.
  1. Irina Meier (846.000 seguidores)

O nome verdadeiro da cosplayer mais popular da Rússia é Irina Pirojnikova. Ela nasceu na Ucrânia em 1997, mas mudou-se para a região de Moscou na adolescência, segundo o site Championat.ru.

Irina se interessou por cosplay aos 11 anos. Em entrevista, ela contou que também gosta de dançar, já foi maquiadora profissional e fez faculdade de publicidade. Passa o tempo livre entre trabalhos de modelo e jogando Skyrim.

Na lista de cosplay de Irina estão Babydoll (de Sucker Punch), Dota 2, Harley Quinn (de Batman: Arkham Knight), Sonya Blade (do Mortal Kombat X), Supergirl, além de personagens de The Witcher e Lara Croft, entre outros.

  1. Janna Rudakova (476.000 seguidores)

Janna não compartilha detalhes de sua vida privada; apenas seus amigos mais próximos sabem quando ela nasceu, onde cresceu e se fez faculdade. No entanto, na comunidade cosplay russa, é conhecida como a primeira cosplayer russa a transformar seu hobby em um negócio de sucesso, segundo o Geek`s Way: Cosplay & Stuff.

Janna faz cosplay e perucas personalizadas desde 2009. Também tem um site onde vende pôsteres e outros produtos, além de um estúdio fotográfico para cosplayers.

A lista de personagens que ele faz é interminável: inclui não apenas personagens femininas de A Bruxa, O Príncipe da Pérsia, X-Men, Silent Hill e outros filmes, games e séries de TV, mas também figuras dramáticas masculinas, como o Coringa.

  1. Ilona Bugaeva (430.000 seguidores)

Ilona, de São Petersburgo, desenvolveu interesse por cosplay em 2014, ao visitar um festival de cosplay e cultura pop com alguns amigos. Foi então que ela decidiu que iria ao próximo festival vestida como personagem – e fez sua primeira aparição como Elizabeth do game BioShock Infinite.

“Meus amigos afirmaram, unanimemente, que eu era a cara de Elizabeth e que se eu não fizesse cosplay dela, cometeria um grande erro. Aconteceu que no dia seguinte ao festival eu baixei BioShock, dei uma chance e me apaixonei por essa personagem. Um mês depois, participei de um festival que me transformei nela”, relembra Ilona.

Bugaeva também construiu uma base sólida de seguidores no Instagram graças ao cosplay de Hermione, Bela (de A Bela e a Fera), Khaleesi (Game of Thrones) e outros personagens. Em pouco tempo, Ilona começou a receber convites para festivais internacionais de cosplay e conta que, hoje em dia, a maioria dos fãs estão no exterior.

Além de cosplay, Ilona estuda psicologia na Universidade Estatal de São Petersburgo.

  1. Anastassia Zelenova (101.000 seguidores)

Quando era criança e vivia em Ivanovo, Anastassia sonhava em ser bailarina. No entanto, em sua pequena cidade não havia oportunidades de treinar balé.

Aos 15 anos, ela se interessou por cosplay e ganhou popularidade graças às recriações inspiradas em games e filmes de Lara Croft.

“Tudo começou em 2008, quando eu nem sabia o que era cosplay. Vi fotos de garotas vestidas de Lara Croft e decidi que também deveria tentar. Naquele mesmo ano, fiz uma fantasia de Lara Croft para uma sessão de fotos tiradas com um celular. Hoje, as memórias daquela sessão de fotos me fazem sorrir”, lembra Anastassia.

Nas horas vagas, ela dança para se manter em forma, e, em 2018, criou uma agência de talentos cosplay, na qual organizadores de evento podem contratar personagens.

  1. Elena Samko (49.300 seguidores)

Natural de Novosibirsk, Elena começou a fazer cosplay em 2014. Em entrevista recente, a jovem explicou que costumava criar imagens para sessões de fotos e produções teatrais. Também contou que, na época de escola, pesava cerca de 100 quilos, mas com o tempo perdeu 38 quilos e conseguiu recuperar a forma.

Elena prefere fazer cosplay de personagens de terror, atentando-se aos detalhes de figurino e maquiagem. Em alguns de seus personagens, ela fica irreconhecível.

No tempo livre, gosta de jogar videogame e aprender idiomas.

LEIA TAMBÉM: Teatro russo encena ‘O Jardim das Cerejeiras’ dentro de ‘Minecraft’

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies