Fotos registram celebração do Dia das Forças Aerotransportadas na Rússia; confira

Sergey Fadeichev/TASS
Uma vez por ano, a Rússia se transforma em um festival com a invasão de milhares de paraquedistas militares cantando nas ruas e nadando em fontes.

Uma vez paraquedista – sempre paraquedista. Essa é a crença compartilhada por todas as Tropas Aerotransportadas Russas. 

Tornar-se parte desse grupo é considerado um grande privilégio na Rússia e um símbolo de orgulho pelo resto da vida.

Por vezes, alguns se sentem obrigados, porém honrados, a seguir os passos de seus pais ou avós ao ingressar nas mesmas unidades militares.

Aqueles que se tornam parte dessas tropas serão os primeiros a entrar em uma zona de guerra e conduzir operações bem atrás das linhas inimigas.

É por isso que os paraquedistas na Rússia enfrentam o treinamento militar mais difícil do Exército.

Mas também se tornam as primeiras unidades de batalha a receber as mais recentes armas e equipamentos do país.

Entre 2020 e 2025, o Ministério da Defesa russo investirá cerca de US $ 70 bilhões em suas forças de infantaria e aerotransportadas. Essa quantia fornecerá à “infantaria voadora” o equipamento do qual essas forças necessitam há anos.

Essas armas incluem sistemas de artilharia de última geração e o novo pacote de equipamento operacional Rátnik-2 (“Guerreiro”, em tradução livre).

No entanto, todos os anos no dia 2 de agosto, os paraquedistas russos e da CEI (Comunidade dos Estados Independentes) se abstêm de assuntos militares. Nessa data, eles se reúnem para celebrar as férias e suas conquistas.

Você sabe porque o dia escolhido para a Parada da Vitória neste ano foi 24 de junho? Clique aqui para descobrir!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies