Rússia envia equipamentos médicos para Estados Unidos combaterem covid-19

Avião russo An-124 desembarcou em Nova York com equipamentos médicos.

Avião russo An-124 desembarcou em Nova York com equipamentos médicos.

Assessoria de Imprensa do Representante Permanente da Federação Russa na ONU/Sputnik
Um avião de transporte russo An-124 chegou a Nova York com equipamentos médicos para tratar pacientes diagnosticados com coronavírus.

Nesta quinta-feira (02), funcionários do aeroporto John F. Kennedy em Nova York descarregaram um avião militar russo modelo An-124 que levou equipamentos para ventilação pulmonar mecânica e proteção pessoal para os médicos que estão tratando os pacientes com coronavírus.

A entrega foi realizada conforme trato realizado entre o presidente Donald Trump e seu homólogo russo, Vladímir Putin. Durante a negociação, o presidente norte-americano confirmou suas intenções de adquirir equipamento médico russo.

Segundo o vice-presidente permanente da Rússia junto da ONU, Dmítri Poliánski, a ajuda humanitária consiste principalmente em equipamento proteção pessoal e será destinada aos médicos de Nova York.

"A situação em Nova York é realmente muito difícil. Cada máscara, cada equipamento de proteção é muito bem-vindo", disse Poliánski.

Não se sabe ainda quais hospitais receberão os equipamentos médicos russos, já que o governo local é que distribuirá os equipamentos para ventilação pulmonar mecânica e de proteção pessoal entre as clínicas locais.

Segundo Poliánski, a Rússia está pronta a enviar novos lotes de equipamentos médicos aos Estados Unidos.

Avião de transporte do Ministério da Defesa levou equipamento aos EUA.

O porta-voz do presidente russo, Dmítri Peskov, disse que, ao oferecer assistência aos Estados Unidos, Putin pediu que, em caso de crise do coronavírus na Rússia, a parte norte-americana também venha a seu socorro.

Já a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Morgan Ortagus, afirmou que ambos os países sempre prestam assistência humanitária um ao outro em tempos de crise e, sem dúvida, continuarão a fazê-lo no futuro.

Por que os EUA precisam de equipamento médico russo?

Equipamento no avião de transporte An-124.

"Os Estados Unidos estão entre os líderes mundiais em prestação de serviços médicos exclusivos, mas no caso da pandemia do coronavírus, trata-se não da prontidão do sistema de fornecer ajuda médica especializada, mas do tratamento massivo da população. Acontece que os países menos desenvolvidos estão melhor preparados para resolver tais problemas", diz o editor-chefe da revista Russia in Global Affairs, Fiódor Lukiânov. 

Segundo as estimativas do governo dos EUA, a pandemia do coronavírus pode custar até 200 mil vidas no país.

LEIA TAMBÉM: Moscou deve enfrentar pico da epidemia de coronavírus no início de abril

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies