Como os russos combatem o coronavírus com humor? Confira os melhores memes e piadas

Russos que não querem entrar no modo pânico tentam esconder as novas e complicadas circunstâncias de viver em quarentena da forma mais leve possível.

A Rússia registrou até agora 199 casos de infecção pelo novo coronavírus e uma morte. As autoridades não decretaram estado de calamidade pública, como anunciado nesta quinta (19) no Brasil, no entanto, algumas medidas estão sendo tomadas, como o cancelamento (ou adiamento) da maioria dos eventos de massa, quarentena de 14 dias para aqueles que recentemente chegaram ou retornaram de países com surtos de coronavírus e autoisolamento voluntário para estudantes e empresas e organizações selecionadas cujos funcionários possam trabalhar remotamente.

Para a maioria das pessoas, porém, a vida continua normalmente. Na hora de ir ao trabalho, muitos moscovitas utilizam o transporte público...

As crianças têm permissão para não ir à escola; no entanto, nem todos os pais conseguem ficar em casa com elas; portanto, alguns alunos ainda frequentam as aulas, embora SEGURANÇA esteja acima de tudo!

Enquanto isso, máscaras “orgânicas” podem ser tendência...

Vários russos acreditam que cebola e alho podem ajudar a evitar qualquer vírus e gripe...mas, para isso, é precisa consumi-los, e não usar como acessório.

Eis aqui outro exemplo de máscara a la Rus...

Para os países com escassez de papel higiênico, os russos que nasceram na União Soviética têm muito a ensinar: não se preocupem... os jornais funcionam tão bem quanto – especialmente aqueles que você odeia ler!

Enquanto os memes nos dizem que os tchecos estão comprando cerveja e macarrão italiano, na Rússia, o trigo-sarraceno é o suprimento mais requisitado. Ninguém come muito no dia a dia, mas, aparentemente, é ideal para o isolamento por coronavírus…

“Quero ouvir essas três palavrinhas” – “Comprei trigo-sarraceno”

E quando as pessoas ouviram que o preço do trigo-sarraceno estava subindo rapidamente – você pode começar a cravá-los em anéis, em vez de diamantes.

Também foram espalhadas notícias de que o álcool mata o vírus... então, a Rússia riu do coronavírus: “Você não tem chance aqui na Rússia!”

Quase todos os voos da Rússia para países europeus foram cancelados – e os aeroportos de Moscou estão testando quem chega do velho continente. Esta dancinha dos “Caça-fantasmas” feita pela equipe do aeroporto Sheremetievo viralizou.

É claro que existem muitas piadas sobre pessoas que ficaram em casa... “Os especialistas recomendam seguir a sua rotina diária, mesmo trabalhando de casa.”

Este é um mapa de calor do teclado para quem trabalha de casa:

As pessoas também ficaram um pouco paranoicas com a sugestão de lavar as mãos e usar antissépticos...

Enquanto a maioria dos jogos de futebol na Europa foi cancelada, o Zenit Arena, em São Petersburgo, teve casa cheia. Os torcedores estavam otimistas, gritando: “Todos nós vamos morrer!”. Isso pode soar mórbido, mas é uma piada – já que faz parte de seu hino “Estamos todos infectados com o futebol e vamos morrer pelo Zenit!”.

E cabe lembrar que, o poeta russo Aleksandr Púchkin já chamou o esporte de “Um banquete em tempos de praga”.

Obviamente, as pessoas não se cansam das piadas relacionadas à China (“É uma pena quando você traz um vírus da Itália, mas ainda assim é Made in China”):

Enquanto outros têm certo medo de receber seus pedidos via AliExpress...

“Você tem uma encomenda da China...”

E quando você vai aos correios para receber suas correspondências da China, é melhor se vestir como na série “Chernobyl”, da HBO...

Mas há muitos russos que acreditam que Greta Tunberg esteja feliz com a situação. “As fábricas não funcionam...os aviões não voam...Incrível!”

E há até piadas com humor negro –

Que corte você quer?

Raspado, por favor.

Combinado!

E, finalmente, eis o que Vladimir Putin pensa sobre o Coronavírus ...

“Queridos amigos, é isso!”

LEIA TAMBÉM: China trata coronavírus com medicamento controverso da época soviética

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies