Onde comprar todo tipo de coisa com a cara de Putin (on-line e em lojas físicas)

Artyom Geodakyan/TASS
Sempre quis comprar uma camiseta com a cara do presidente russo? Ou uma das jaquetas que ele usa? Também tem caneca, almofada, capinha de celular e chocolate.

Exército da Rússia

Esta marca é desenvolvida pela Voentorg, fornecedora oficial do Exército russo, portanto, sua linha principal são roupas e acessórios casuais militares com o logotipo das tropas. Uma das fotos de lançamento da marca foi uma série de camisetas com a imagem do presidente russo Vladimir Putin. Desde então, os itens da série Putin têm presença certa nas araras. Por exemplo, uma camiseta com a frase “eu resolvo com um MiG... ou dois” (o trocadilho é que, em russo, “odnim MIGom” pode significar “com um MiG”, ou “em um instante” ) custa 1.590 rublos (US$ 25).

Eles também vendem jaquetas no estilo de Putin (a que o presidente usou durante a famigerada viagem de pesca a Tuvá) por 7.090 rublos (US$ 110). Sem falar das “calças de Putin”, para combinar com a jaqueta, que saem por 4.790 rublos (US$ 75).

O Exército da Rússia tem lojas por toda a Rússia (endereços aqui), mas também realizam entregas para outros países.

Black Star

A marca de roupas de rua Black Star é um dos diversos projetos executados pelo rapper e empresário russo Timati. O rapper conhece – e aparentemente tem acesso ao – presidente russo. Timati também tem conexão com a Exército da Rússia, mencionada acima, pois às vezes desenvolve linhas de roupas para a marca.

Camisetas e moletons com a imagem do presidente da Black Star Wear estão disponíveis on-line e em Moscou e Riga, onde foi aberta a primeira loja de franquia na Europa. Para comprar uma camiseta com o rosto de Putin pelo site, é preciso desembolsar 2.300 rublos (US$ 35). Há também opção de pré-venda para coleções futuras, além de entrega no mundo inteiro. 

Shokobox e outros chocolates de Putin

Barras de chocolate com Putin em várias poses (chorando, abraçando filhotes de cachorro, com margaridas ao fundo), além de outras maravilhas de confeitaria, são produzidas pela empresa Shokobox, de São Petersburgo. Uma barra custa cerca de 170 a 200 rublos (US$ 2,5 a 3). A empresa é conhecida por oferecer chocolates feitos sob encomenda, e os clientes podem criar o próprio rótulo. A série “President” (com o logotipo “Comprar este chocolate melhora o PIB do país!” – em russo, a abreviação de produto interno bruto é VVP, o mesmo que as iniciais do nome completo de Putin) está sempre disponível on-line; a empresa produz cerca de 3.000 barras por mês.

Também estão à venda na Rússia trufas de chocolate “President” (feitas pela confeitaria Golden Candies) com vodca e pimenta, por 2.700 rublos (US$ 42) por quilo. Mas só dá para comprar pelo site ou procurando nas lojas de doces para suvenir (uma delas fica em Moscou, na rua Pyatnitskaya, 22). Peça on-line aqui e aqui

Voenmag

Outra plataforma da Voentorg que oferece produtos do exército, mas com uma seleção mais ampla de objetos com a temática do presidente: Putin montando um urso, Putin cavalgando, Putin com cães, Putin prometendo “make Russia great again”(em alusão ao slogan de Trump) e outros itens – provavelmente, não tão legais quanto os da Exército da Rússia e da Black Star, mas bem mais baratos (compre uma por US$ 9). A loja on-line enviar para qualquer lugar da Rússia; não há lojas físicas.

Ali Express

A rua principal em Moscou para comprar parafernália com a cara de Putin estampada é a Arbat. A antiga Arbat, uma das ruas mais turísticas da capital, possui dezenas de lojas de suvenires. Mas também lembre-se: quanto mais perto você estiver do centro turístico da cidade, mais caras serão as lembrancinhas.

A maior fonte de qualquer tralha relacionada a Putin é, porém, a...China. No Aliexpress, é possível encontrar de tudo: de estampas incomuns, canecas e capas de smartphones a almofadas, pôsteres e meias – todos devidamente Putinizados.

VEJA TAMBÉM: Como era o estilo de Putin antes de ele virar presidente?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies