Cidadãos de 53 países podem agora entrar na região mais ocidental da Rússia com visto eletrônico

Getty Images
Documento para visitar Kaliningrado é gratuito e válido por até oito dias.

Os visitantes de 53 países (ver lista abaixo) que desejarem viajar para a região de Kaliningrado já podem obter um e-visa, segundo o site do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. A medida entrou em vigor no último dia 1º de julho.

Para solicitar o visto eletrônico, os visitantes devem preencher um formulário de inscrição no site do departamento consular do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo e anexar uma foto. O pedido pode ser realizado com no mínimo 4 dias e não antes de 20 dias antes da data prevista de entrada. Isso porque a emissão do visto leva até quatro dias corridos, independentemente de feriados e finais de semana.

O visto é emitido por um período de 30 dias para permanecer na região por um período não superior a oito dias. O objetivo da viagem pode ser turismo, negócios ou razões humanitárias.

O visto, no entanto, não é válido para viajar a outras partes da Rússia; abrange apenas a cidade e região de Kaliningrado, que formam um enclave russo encravado entre a Polônia e a Lituânia, separado do resto do país.

LEIA TAMBÉM: Kaliningrado, o lar de Immanuel Kant, âmbar e mar Báltico 

“Só nos quatro primeiros dias, foram enviados mais de 2.000 pedidos de visto eletrônico para Kaliningrado”, disse Alla Ivanova, chefe da agência regional para relações internacionais e inter-regionais.

A cidade de Vladivostok possui um regime idêntico de visto eletrônico para quem entra por postos de controle terrestres e marítimos e, desde 1º de setembro de 2018, o esquema foi estendido a aeroportos de todo o Distrito Federal do Extremo Oriente.

Cabe lembrar, no entanto, que, desde junho de 2010, os visitantes do Brasil não necessitam de visto para entrar na Rússia se a viagem não exceder 90 dias.

Lista de países cujos cidadãos podem solicitar visto eletrônico para Kaliningrado:

Áustria

Andorra

Bahrein

Bélgica

Bulgária

Vaticano

Hungria

Alemanha

Grécia

Dinamarca

Índia

Indonésia

Irã

Irlanda

Islândia

Espanha

Itália

Catar

Chipre

China (incluindo Taiwan)

República Democrática do Povo Coreano

Kuwait

Letônia

Lituânia

Lichtenstein

Luxemburgo

Malásia

Malta

México

Mônaco

Holanda

Noruega

Omã

Polônia

Portugal

Romênia

San Marino

Arábia Saudita

Macedônia do Norte

Sérvia

Cingapura

Eslováquia

Eslovênia

Peru

Filipinas

Finlândia

França

Croácia

República Checa

Suíça

Suécia

Estônia

Japão

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies