Campeã olímpica Alina Zagitova conquista ouro no Mundial de Patinação Artística

Tursynbaeva, Zagitova e Medvedeva celebram em pódio do Mundial no Japão

Tursynbaeva, Zagitova e Medvedeva celebram em pódio do Mundial no Japão

Reuters
Vitória nesta sexta (22) se soma a títulos nos campeonatos europeu e olímpico. Outras duas russas figuram entre as 10 melhores em torneio no Japão.

A campeã olímpica Alina Zagitova acrescentou mais um título à sua crescente coleção de prêmios, depois de ganhar o ouro no Campeonato Mundial de Patinação Artística, que acontece em Saitama, no Japão, de 20 a 24 de março.

Já na liderança após o programa curto, Zagitova apresentou com perfeição o seu tecnicamente complicado programa livre acompanhado pela ópera Carmen, de Bizet, conquistando seu primeiro título em um Mundial de Patinação Artística.

Zagitova aterrissou impecavelmente após todos os seus saltos, incluindo a combinação de triple lutz triple loop, executada na segunda parte da sequência.

A russa de 16 anos recebeu mais 155,42 pontos por seu programa livre, somando 237,50 pontos – margem suficiente para subir ao pódio à frente da estrela em ascensão cazaque Elizabet Tursynbayeva, e da russa Evguênia Medvedeva.

Zagitova já havia conquistado ouro nos torneios europeu e olímpico, em 2008.

Tursynbayeva, que levou prata no Mundial no Japão, tornou-se a primeiro patinadora a realizar um salto quádruplo nas competições oficiais de nível sênior. Ela, que também treina com Eteri Tutberidze, executou um Salchow quádruplo, obtendo altas pontuações dos juízes.

Já a russa Medvedeva, chegou a silenciar os críticos depois de realizar uma excelente sequência de patinação livre e terminar em terceiro, à frente de Rika Kihira. Medvedeva marcou uma pontuação de 223,80, apenas 0,3 pontos a mais Kihira, que novamente caiu ao tentar um triple axel (três voltas e meia no ar).

Outra representante russa, Sofia Samodurova subiu do nono para o oitavo lugar em seu primeiro torneio mundial no nível sênior.

A brasileira Isadora Williams, por sua vez, conquistou a 24ª posição do programa livre, obtendo o mesmo desempenho dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies