Pedido de desculpas autografado por Gorbatchov é leiloado por 183 mil dólares em Moscou

TASS
Tela foi criada há 10 anos, mas tem uma história imperdível por trás...

Na última terça-feira (19), um russo apelidado “artista V. Ivanov” vendeu uma obra na casa de leilões “12Y Stul”, em Moscou. A peça é bastante incomum: uma tela com uma enorme inscrição em preto onde se lê “Prostíte” (“Perdoe-me”) e uma assinatura de Mikhaíl Gorbatchov, o último líder soviético, cujo governo terminou com a queda da URSS.

Mas o mais interessante sobre esta irônica “provocação artística” é que Gorbatchov nunca escreveu o pedido de desculpas. O autor da obra explica que conheceu Gorbatchov quando era um estudante, em 2009, e o político deu uma palestra em sua universidade.

“Depois da palestra, houve uma conversa informal. Preparei uma grande tela e uma caneta e, cheio de coragem, pedi a Gorbatchov que desenhasse alguma coisa”. O político sorriu, autografou a tela e respondeu: "Desenhe você alguma coisa, você tem fantasia o suficiente, tenho certeza!"

E foi o que Ivanov fez naquele mesmo dia ao acrescentar a inscrição “Perdoe-me” e se tornar coautor da obra com Gorbatchov. Por força do destino, a tela rendeu 12 milhões de rublos (183.000 dólares) a Ivanov nesta semana, 10 anos depois da criação.

O comprador preferiu permanecer anônimo. Mas o que Gorbatchov achou desta história maluca, ainda não se sabe.

LEIA TAMBÉM: Gorbatchov: salvador ou símbolo da queda do país?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies