9 embaixadas russas mundo afora de cair o queixo!

De prédios em estilo ‘Império da era Stálin’ a outros palácios, edifícios de missões diplomáticas fisgam o olhar dos passantes por seu esplendor!

1. Varsóvia

A embaixada russa na Polônia parece um verdadeiro palácio. Na realidade, ela foi construída na década de 1950 seguindo o modelo dos palácios de São Petersburgo dos séculos 18 e 19, projetados em estilo clássico.

2. Helsinki

Construída no estilo que se convencionou chamar “Império de Stálin”, a embaixada russa na Finlândia foi o local de encontro entre o líder da URSS, Leonid Brejnev, e o presidente dos EUA, Gerald Ford, em 1975, quando foram assinados os famosos Acordos de Helsinque, que reconheciam pela primeira vez as incorporações territoriais da União Soviética no Leste Europeu depois da Segunda Guerra Mundial.

3. Havana

A embaixada da Rússia é um dos edifícios mais distintos da capital cubana. Há quem diga até mesmo que o edifício construtivista é a principal atração turística da cidade.

4. Minsk

O edifício da missão diplomática russa na Bielorrússia é um dos maiores, em comparação com outras embaixadas russas. Ele é também um dos mais modernos, já que foi construído em 2009.

5. Pequim

A embaixada russa na capital chinesa é, provavelmente a maior missão diplomática da Rússia no mundo. Ela foi inaugurada em meados da década de 1950 no mesmo local onde existia uma missão eclesiástica russa.

LEIA TAMBÉM:Que línguas falava a família imperial russa dos Romanov?

Algumas lembranças da instituição anterior ainda podem ser avistadas no território da embaixada.

6. Xangai

O requintado edifício do consulado russo em Xangai foi construído durante a Primeira Guerra Mundial. Dizem que o solo da fundação foi transportado diretamente da Rússia para o local. O prédio foi projetado por um arquiteto alemão, por isso mais parece algo da Renascença alemã que da escola russa de arquitetura.

7. Londres

O prédio russo na capital inglesa começou a ser alugado em 1930 do milionário sul-africano da lã Lewis Richardson. Em 1991, o contrato de aluguel foi prolongado por 100 anos. A Rússia paga um valor simbólico de 1 libra por ano pelo aluguel, enquanto a Grã-Bretanha paga 1 rublo no aluguel de sua embaixada em Moscou.

8. Berlim

A embaixada russa na Alemanha ocupa o mesmo lugar no centro da capital desde meados do século 19. Na Segunda Guerra Mundial, os nazistas transformaram o prédio em residência do ministro dos territórios ocupados. O edifício atual foi construído em 1952, na então República Democrática Alemã (RDA), mais conhecida como Alemanha Oriental.

9. Praga

A União Soviética recebeu este edifício na capital da República Tcheca após a Segunda Guerra Mundial. Originalmente, ele era uma vila do banqueiro Friedrich Petschek, mas foi nacionalizado e repassado à URSS como presente para o povo russo por sua contribuição na luta contra os nazistas. A vila foi projetada em estilo barroco francês.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies