Motorista de táxi em Moscou espera 8 horas no frio para devolver carteira de cliente

Iliá Pítalev/Sputnik
Sem conseguir contatar passageira, taxista ficou plantado em frente a prédio.“Onde você estava? Estou congelando”, disse o homem quando a viu.

Um motorista de táxi russo esperou oito horas para devolver a uma passageira sua carteira deixada no veículo, segundo relato da própria, Varia Bortsova, que vive em Dublin, em uma publicação no Facebook.

Segundo Bortsova, ela pediu um táxi às cinco da manhã, depois de aterrissar em Moscou. Cerca de oito horas depois, por volta de 1 da tarde, a russa percebeu que deixara no carro sua carteira com dinheiro, cartões e outros documentos.

Suas tentativas de encontrar o motorista pelo operador de táxi não tiveram sucesso. No entanto, ao olhar pela janela, o pai de Bortsova viu um homem parado perto de um táxi – o motorista que havia levado a moça para casa de madrugada.

O taxista, de origem quirguiz, havia notado a carteira e tentou encontrar a cliente pela central telefônica que gerencia as chamadas, mas seus dados não constavam no sistema.  Por isso, decidiu esperar a jovem em frente à sua casa, no frio e durante mais de oito horas, perguntando sobre Bortsova a todos que saíam do edifício.

“Onde você estava? Quanto tempo consegue dormir? Estou congelando”, exclamou o homem assim que a viu. Segundo Varia, os dois explodiram em lágrimas. Em sinal de gratidão, a russa deu ao motorista uma quantia equivalente a cinco vezes a corrida.

“A gratidão que tenho por ele é imensa. Os pais dele fizeram realmente um trabalho incrível”, disse. Sua publicação no Facebook, acompanhada de uma foto de paisagem no Quirguistão, teve mais de 2.000 curtidas e foi compartilhada mais de 650 vezes.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies