9 razões para ir ao Grand Prix de Fórmula 1 na Rússia

Sergei Savostyanov/TASS
Além do motivo óbvio de assistir à corrida, evento em Sochi estará recheado de atrações paralelas e até um simulador para os espectadores.

Tirando as duas primeiras corridas, que aconteceram em 1913 e 1914 em São Petersburgo, a Rússia sumiu do mapa da F1. Mas, desde 2014, o Grand Prix chegou a Sochi – e para ficar.

O Grand Prix na Rússia deste ano, de 28 a 30 de setembro, será organizado pela primeira vez pela recém-criada organização independente sem fins lucrativos ROSGONKI. O Russia Beyondsentou-se com o presidente da entidade Aleksêi Titov para entender por que a quinta edição do Grand Prix de Sochi é imperdível.

  1. Oras, é em Sochi

Aleksêi descreve a atmosfera de Sochi como “muito especial”. A cidade turística é um popular destino à beira-mar, com natureza única, onde as montanhas cobertas de neve formam um cenário deslumbrante para as águas mornas do mar Negro.

Além de curtir a corrida, é possível também curtir um tempo na praia, ou fazer trilhas  pelas montanhas. Quem tiver ingresso para o Grand Prix de Sochi também recebe desconto para o parque de diversões local e o Sky Park.

  1. A pista

A pista é integrada ao Parque Olímpico de Sochi, que sediou as Olímpiadas de Inverno em 2014, e o circuito de 5,8 km e com 55 mil assentos foi projetado pelo arquiteto Hermann Tilke. Compreende, no total, 12 curvas à direita e 6 à esquerda, combinando seções de alta velocidade e as outras mais técnicas.

Os carros mais velozes da F1 atingiram 332 km/h nos 650 metros retos entre a primeira e a segunda curva durante o primeiro Grande Prêmio, em 2014; Lewis Hamilton correu, em média, a 213 km/h e garantiu a pole position para a Mercedes.

“É uma sensação incrível vir a esse lugar lindo e correr nessa pista”, declarou Hamilton. “Tem boa aderência e excelentes curvas, com muita velocidade média, é muito divertido”, acrescentou o piloto.

  1. Relação custo/benefício

O Grand Prix da Rússia é um dos estágios mais atraentes da F1 em relação ao preço do ingresso. Em comparação com o ano passado, o bilhete para o fim de semana deste ano é realmente mais barato.

  1. Programação cultural

A corrida deste ano também possui um agitado programa cultural para os visitantes que queiram ver mais do que carros velozes. Em 28 de setembro, a lendária banda de rock Leningrad vai dar o pontapé inicial, e, no dia seguinte, os roqueiros do Bi-2 subirão ao palco antes de o rapper russo Basta entreter a multidão. Para quem não curte música russa, haverá um show aéreo, um rali e várias outras atividades.

  1. Bom para criançada

Viajar com os filhos não é um problema, porque haverá uma área especialmente designada para crianças, com recreadores, pintura facial e apresentações, entre outras atividades. Crianças têm desconto de 50% para ingressos nas arquibancadas.

  1. Vida noturna agitada

Haverá muitas festas em Sochi durante o fim de semana do Grand Prix. Casas noturnas, bares, pubs e até cassinos já estão se preparando para receber visitantes.

  1. Algo para os loucos por carros

Por que não visitar o Museu Autódromo de Sochi, com sua coleção de carros esportivos e vintage raros? O espaço também conta com uma enorme variedade de carros fabricados das décadas de 1930 a 1980.

  1. Visite os bastidores

Para quem estiver em Sochi antes do início do evento, é possível fazer um tour especial no Autódromo de Sochi e conferir a pista. Durante o passeio de uma hora, é possível ver o boxes para pit stop, paddock, pódio (que provavelmente ainda tem vestígios de champanhe do evento do ano passado) e a sala de controle – enquanto aprende informações interessantes com um dos guias experientes. Para isso, basta fazer uma reserva no site.

  1. Torne-se um piloto (por alguns minutos)

O Grand Prix de Sochi oferece aos visitantes a oportunidade de aprender sobre o esporte cibernético. Durante o fim de semana, uma área de atividades esportivas será instalada na Fan Zone, perto da arquibancada principal do autódromo. Ali haverá um simulador especial que permitirá ter uma ideia de como é ser um piloto de verdade.

Consegue trocar o volante de um carro em três segundos? Na zona do Desafio Pit Stop, transforme-se em um mecânico de F1 e tente realizar essa missão no menor tempo possível. Para participar, é preciso ter um ingresso válido para a Fan Zone.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies