De Maradona a Pamela Anderson, 8 celebridades que deram as caras na Rússia nesta Copa; veja fotos

Diego Maradona, que foi um pouco bad boy durante os jogos da Argentina.

Diego Maradona, que foi um pouco bad boy durante os jogos da Argentina.

Reuters
Músicos, políticos e atores, ninguém perdeu o maior show de futebol da superfície terrestre. Alguns foram ao campeonato como parte de seu trabalho, outros torciam por seus times única e exclusivamente por vontade própria, mas todos pareciam estar se divertindo – por vezes, até demais ...

1. Diego Maradona, lenda do futebol argentino

Diego Armando Maradona.

Quando o assunto é escândalo, ninguém bate Diego Maradona, ex-astro da seleção argentina. Maradona foi torcer pela Argentina na partida contra a Nigéria - tão dura que ele foi hospitalizado depois disso.

Ele rodopiava com um torcedor nigeriano, rezava, gritava, fritava e, sim, mostrando o dedo do meio para todo mundo depois que a Argentina venceu.

Felizmente, a Argentina não chegou às quartas de final - caso contrário, Maradona provavelmente não teria voltado para casa.

2. Mick Jagger, estrela do rock

Mick Jagger (dir.).

Diferentemente de Robbie Williams e Maradona, o embaixador do rock, Mick Jagger, foi o símbolo encarnado da calma enquanto assistia às semifinais e à final. Jagger estava lá torcendo pela seleção inglesa, que chegou às semifinais, com gritos de "Vamos, Inglaterra!".

Não ajudou, porém: a Inglaterra perdeu da Croácia e, depois, da Bélgica no jogo pelo bronze. Há boatos na Inglaterra de que o ícone do rock dá azar a todos os times de futebol pelos quais torce. “You can’t always get what you want”, como diria a música do Rolling Stones.

  1. Emmanuel Macron, presidente da França
Emmanuel Macron sob a chuva no estádio em 15 de junho, quando a França ganhou a Copa do Mundo.

Já Emmanuel Macron, presidente da França desde maio de 2017, não tinha motivos para ficar insatisfeito nesta Copa do Mundo: seu país venceu a final, erguendo o troféu pela segunda vez na história.

E Macron, que foi apoiar sua seleção na semifinal e na final, comemorou como um verdadeiro torcedor.

4. Kolinda Grabar-Kitarović, presidente da Croácia

Kolinda Grabar-Kitarović e Luka Modrić, capitão da seleção da Croácia.

Macron desfrutou de altas companhias em seu camarote VIP durante a final. Além de Vladimir Putin e do chefe da Fifa Gianni Infantino, ele pode discutir o jogo com sua par croata, que também foi à Rússia para apoiar sua seleção.

Kolinda Grabar-Kitarović mostrou-se muito próxima dos torcedores croatas comuns, usando os mesmos aviões que eles e vestindo o tempo todo a camisa xadrez nacional (pelo menos não em público, temos o prazer de dizer).

Ela chegou até a agradecer aos torcedores russos (em russo!), e não pareceu triste depois que seu time perdeu. Afinal, foi a primeira final da Copa do Mundo na história do país, uma enorme conquista para uma nação tão pequena e nova.

5. Conor McGregor, lutador de MMA e de boxe

Conor McGregor.

Outro ainda a prestigiar a final da Copa da Mundo foi o brigão Conor McGregor, que não perdeu a chance de fazer uma selfie com seu colega de artes marciais Vladimir Putin.

Ele parecia muito feliz com isso, louvando Putin no Instagram. Ele terminou seu post com: “Obrigado e parabéns pela maravilhosa Copa do Mundo” e “Vai, Rússia!” – em russo!

6. Pamela Anderson, atriz e modelo

Pamela Anderson (dir.)

A ex-estrela da Playboy que se transformou em ativista dos direitos dos animais Pamela Anderson assistiu ao jogo da seleção francesa.

Diferentemente de Macron, ela não o fez por motivos políticos – Anderson está saindo com o jogador Adil Rami. Segundo a imprensa, os dois estão noivos agora.

Rami deve estar bem feliz – apesar de não ter passado nenhum minuto sequer no campo durante o torneio, ele termina sua carreia na seleção que levou a vitória.

7. Alessandra Ambrosio, modelo brasileira

Modelo brasileira conhecidíssima por seu trabalho para a Victoria’s Secret entre os anos 2000 e 2017, Alessandra Ambrosio fez uma sessão de fotos na seleção russa meses antes da Copa do Mundo.

Vai Brasillllllllllll. 💛🇧🇷💚🇧🇷💛🇧🇷💚🇧🇷💛

Публикация от Alessandra Ambrosio (@alessandraambrosio)

Na Rússia, porém, ela torceu por seu país natal - e, como muitos brasileiros, provavelmente ficou triste ao ver sua seleção ser derrubada pela Bélgica nas quartas de final.

  1. Hugh Grant, ator
Hugh Grant

Estrela de “Simplesmente amor” e muitos outros filmes mainstream, Hugh Grant foi à Rússia durante a Copa do Mundo para visitar Moscou, São Petersburgo e, repentinamente, Velíki Nôvgorod (562 quilômetros a noroeste de Moscou).

A imprensa chegou a suspeitar que ele tivesse confundido a cidade com Níjni Nôvgorod (416 quilômetros a leste de Moscou), onde a Inglaterra jogou contra o Panamá. Mas não foi o caso.

De qualquer maneira, Hugh Grant estava torcendo pela seleção nacional inglesa e chegou a brincar dizendo que tinha tomado como refém uma sueca – a própria mulhere - durante o jogo do país contra a Inglaterra nas quartas de final. Para a sorte dela, a Inglaterra venceu.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies