Oficial de recrutamento do Exército remove escorredor de macarrão em foto de seguidor de seita...

Mihail Samin
... e corre o risco de ser amaldiçoado pelo Monstro do Espaguete Voador da Igreja Pastafari.

O chefe da Igreja Russa Pastafariana, Mikhail Samin, de 18 anos, viu-se em uma situação complicada recentemente, quando uma estação de recrutamento militar discordou de seu modo de expressar suas crenças.

Em seu primeiro comparecimento obrigatório à estação de recrutamento em Moscou, o jovem conseguiu convencer um oficial de recrutamento de que suas crenças religiosas permitiam que ele tirasse fotos apenas se sua cabeça estivesse coberta por um escorredor de macarrão.

Surpreendentemente, a estação de recrutamento se rendeu, após um período de confusão inicial, e Samin orgulhosamente passou a exibir um documento de identidade com uma foto que correspondia aos padrões pastafarianos.

Mas a estação de recrutamento pode ter perdido a batalha, mas não a guerra. Quando o jovem foi convocado pela segunda vez a apresentar seu formulário alternativo de serviço civil, ele entregou o documento de identidade à estação de recrutamento por um breve período.

Mais tarde, Samin foi para casa, desavisado, sem perceber que havia sido derrotado pelos militares. “Abri, por acidente, [o documento de identidade] e tinha uma foto de dois anos atrás tirada da minha conta em uma rede social”, escreveu Samin no “VK”, o equivalente russo do Facebook, expressando sua frustração com fonte em negrito.

O 3x4 à direita foi retirado da foto à esquerda, que mostra Samin, então aos 16 anos, posando com Serguêi Lukianenko, um escritor russo de ficção científica e fantasia.

O jovem chefe da Igreja Pastafariana Russa disse “já ter conseguido perder” o novo documento de identificação provisório e afirma que planeja pedir um novo com uma foto usando um escorredor de macarrão na cabeça.

Em 2016, um moscovita abriu precedente na Rússia ao receber uma carteira de motorista com foto em que usava um escorredor de macarrão na cabeça. No processo, ele também relatou ter problemas expressando suas crenças.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais