Putin confessa que gostava de recrutar agentes quando trabalhava para a KGB

Putin durante entrevista a Megyn Kelly (dir.), da rede NBC, no Kremlin

Putin durante entrevista a Megyn Kelly (dir.), da rede NBC, no Kremlin

Mikhail Klimentyev/Sputnik
Entre os espiões havia pessoas “únicas”, disse o presidente sobre missão na Alemanha Oriental. Segundo Putin, experiência na KGB o ajudou na esfera civil.

O presidente russo Vladimir Putin declarou, em entrevista à imprensa russa, que gostava de recrutar novos agentes quando trabalhava para a KGB, a principal agência de serviços secretos da URSS. “Esse foi o meu trabalho por muitos anos”, disse.

“Estas [espiões] eram pessoas únicas por causa de suas crenças, intelecto, moral e força de vontade”, explicou Putin ao jornalista Vladimir Soloviev.

Em outra entrevista recente, à rede de TV norte-americana NBC, o presidente russo afirmou também que trabalhar para a KGB o ajudou na esfera civil.

Segundo ele, as habilidades desenvolvidas enquanto trabalhava para os serviços de segurança da União Soviética se mostraram úteis quando se tornou assistente do reitor da Universidade de São Petersburgo e assessor para assuntos internacionais do prefeito Anatôli Sobtchak. Ao ser questionado, Putin disse, porém, que não saberia dizer se o mesmo se aplica quando se trata de se impor no cenário internacional.

“É difícil dizer. Não tenho outra experiência. O único que sei é que meus parceiros, chefes de Estado, governos, são pessoas excepcionais. Eles passaram por um enorme processo de seleção e foram escolhidos. Não há pessoas de sorte nesse nível, e cada um tem suas próprias vantagens em relação aos outros”, disse.

 

Leia aqui sobre o trabalho do presidente russo na Alemanha Oriental.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais