Detentos constroem escultura de neve em formato de míssil na Sibéria

Serviço Penitenciário Federal da Região de Omsk
“Obra” no presídio de Omsk foi concluída por internos em um período de 15 dias.

Os turistas em Omsk têm agora mais uma atração ao visitar a cidade siberiana – pelo menos, até a neve derreter. Sete prisioneiros da colônia penal nº6 criaram uma escultura inusitada após as recentes nevascas: um míssil balístico RT-2PM2 Topol-M.

De acordo com o site da agência local do Serviço Penitenciário Federal, os detentos levaram 15 dias para concluir a obra, que é ligeiramente menor do que o míssil real – 13,5 metros de comprimento, 3,5 m de largura e mais de 2,5 m de altura. Os presidiários também coloriram a neve como um Topol-M e o decoraram com a bandeira russa.

Em 2017, internos da mesma colônia penal construíram uma réplica do navio “Aurora” para marcar o aniversário da Revolução Bolchevique de 1917.

Conheça aqui o livro “Thief in Law”; nele, um policial britânico que atuou na Rússia revela o significado dos rabiscos mais comuns entre os detentos.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais