Roteirista de Moscou transforma seu currículo em história em quadrinhos

Resultado gerou número impressionante de respostas de possíveis empregadores.

O pesadelo de qualquer pessoa que procura emprego é ter seu currículo perdido entre toneladas de e-mails ou descartado no lixo. Para evitar esse destino tão comum, o roteirista Vadim Maltsev, de Moscou, resolveu se unir ao artista Nikita Kibirev para transformar seu currículo e carta de apresentação em uma história em quadrinhos.

Eu não vou falar sobre um escritor esmaecido, mas sim sobre alguém que gosta de histórias desde pequeno.

Eu realmente tinha esperança de seguir esse rumo na vida.

Mas o caminho estava cheio de curvas falsas, e meus desejos não correspondiam à realidade.

Muito tempo se passou antes de eu decidir me tornar um contador de histórias profissional, e eu tive que começar tudo de novo.

Tive que deixar meu diploma de lado, e tirar da cabeça conhecimentos passados,

E enfrentar os monstros que são bem conhecidos de qualquer escritor principiante:

Experiência de trabalho; conexões; e sorte.

Alguns, consegui derrotar com minhas habilidades, para me proteger.

Outros monstros, eu não consegui derrotar de cara.

Eles me fizeram recuar e trabalhar em locais onde não eram exigidas habilidades criativas. Mas eu continuei apurando meu ofício.

O andar faz a rua.

Timing e mera sorte nunca ajudam aqueles que não conseguem agir.

Essa história divertida é complementada com uma carta mais convencional para potenciais empregadores. Segundo entrevista de Maltsev ao Russia Beyond, o retorno com ofertas de emprego foi tão grande que “está difícil responder a todos”.

Pensa em procurar emprego na Rússia, mas não sabe por onde começar? Veja aqui algumas dicas valiosas para estrangeiros.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies