Autoridades alertam contra uso de caixas eletrônicos falsos durante a Copa de 2018

Vladimir Trefilov/Sputnik
Visitantes, sobretudo estrangeiros, devem utilizar apenas caixas oficiais, segundo BC russo. Criminosos fraudam equipamentos aposentados para obter dados de cartões.

Com a proximidade da próxima Copa do Mundo, na Rússia, não são apenas os torcedores que começam a ficar entusiasmados com o evento. Para os criminosos no país, o evento internacional é também a oportunidade perfeita para aplicar golpes, sobretudo em estrangeiros, destaca o Banco Central russo.

De acordo com o site do órgão, as pessoas estão sendo alertadas, por exemplo, para a existência de caixas eletrônicos falsos. Sabe-se de casos em que criminosos compraram caixas eletrônicos verdadeiros, porém, desativados, e depois instalaram dispositivos fraudulentos antes de recolocá-los em locais públicos. Ao utilizar um caixa fraudado, o sistema lê e copia os dados do cartão e informa ao usuário que o aparelho está fora de serviço. As informações roubadas são então usadas para roubar dinheiro em sistemas reais da instituição financeira em questão.

No caso de qualquer suspeita sobre um caixa eletrônico no país, o Banco Central da Rússia recomenda procurar outro aparelho em lugar seguro.

A primeira Copa do Mundo realizada na Rússia acontecerá entre 14 de junho e 15 de julho. Os jogos serão acontecerão nas cidades de Moscou, São Petersburgo, Kaliningrado, Volgogrado, Kazan, Níjni Nôvgorod, Samara, Saransk, Rostov-no-Don, Iekaterinburgo e Sochi.


Para obter mais detalhes sobre torneio, leia “Bê-á-bá da Copa do Mundo de 2018”.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais