Bê-a-bá da Copa do Mundo de 2018

Lobo Zabivaka é o mascote oficial da Copa de 2018

Lobo Zabivaka é o mascote oficial da Copa de 2018

Peter Kovalev/TASS
O Russia Beyond reuniu informações sobre o futuro torneio no país para evitar que problemas com ingresso, transporte e acomodação sejam gol contra na sua viagem.

Chegada à Rússia

Preciso de visto?

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Rússia. Mas, se você estiver acompanhado de pessoas de outras nacionalidades, vale a pena ficar atento às seguintes dicas. Pessoas com ingresso válido para alguma partida terão apenas que apresentar o bilhete e seu FAN ID (mais detalhes abaixo) ao chegar ao aeroporto.

Quem não tiver ingresso e precisar de visto, terá, porém, que agilizar toda a sua documentação antes de chegar ao país. Para saber como exatamente funciona esse procedimento, visite este site antes mesmo de reservar o voo.

No caso de jornalistas credenciados para cobrir a Copa do Mundo ou participar oficialmente dos preparativos para o evento, serão emitidas, mediante solicitação, isenções de visto começando cinco meses antes do início do primeiro jogo.

FAN ID

O que é?

O FAN ID é um cartão personalizado para espectadores/visitantes proposto pelas autoridades para melhorar a experiência dos torcedores durante a Copa do Mundo.

FAN ID será importante não só nos jogos, como no aeroporto

Preciso mesmo disso?

Sim, todos que forem assistir a um jogo precisarão ter um cartão de identificação pessoal – incluindo crianças, cidadãos russos e pessoas com residência permanente. O cartão é emitido uma única vez e você poderá usá-lo para todas as partidas da Copa. Também concede o direito de entrada sem visto para cidadãos estrangeiros.

Como faço para obter o meu FAN ID?

Para solicitar seu FAN ID, visite o site fan-id.ru e siga as instruções. Se você estiver na Rússia, também poderá entrar com o pedido em um dos Centros de Registro que, em breve, serão abertos em todas as cidades-sede da Copa de 2018. Certifique-se de levar consigo o FAN ID para todas as partidas às quais for assistir, juntamente com o ingresso. Uma coisa importante, porém: não é possível obter um FAN ID sem ter ingresso, portanto, não se esqueça de comprar os bilhetes antes de fazer a solicitação.

O pedido é processado dentro de 72 horas e entregue por correio para o endereço registrado. É recomendável resolver essas questões com antecedência, pois a entrega por correio internacional pode demorar um pouco mais do que o previsto. No caso de brasileiros, que não precisam de visto, será possível coletar seu FAN ID no país.

Ingressos

Quando comprar os ingressos?

Os ingressos para a Copa de 2018 começaram a ser vendidos em 14 de setembro.

Acesse a seção de ingressos no site da Fifa e entre com um pedido para compra on-line. Se houver muitas solicitações e você for não selecionado no primeiro sorteio, haverá chance de comprá-los em 16 de novembro (a partir dessa data, entretanto, os ingressos não serão mais sorteados, mas vendidos conforme a procura). Para quem deixar para última hora, haverá ainda uma segunda fase de vendas em 5 de dezembro.

Evite comprar ingressos falsificados por meio de outros sites ou cambistas – há um alto risco de você não só perder o jogo como também seu dinheiro.

Como faço para comprar ingressos?

Para comprar um ingresso, é preciso se cadastrar no site da Fifa e, em seguida, entrar com um pedido. Os ingressos são personalizados e só serão emitidos mediante fornecimento de dados pessoais. Como já dito, os bilhetes serão entregues por correio.

Você poderá pagar o ingresso com cartão de crédito, por meio de transferência bancária internacional ou em dinheiro (neste caso, apenas na Rússia).

Quantos ingressos posso comprar por vez?

Cada torcedor poderá comprar vários ingressos por jogo. Ao reservar mais de um bilhete, no entanto, será preciso informar os dados pessoais dos outros espectadores.

Os clientes corporativos poderão comprar pacotes de ingressos em uma seção especial no site da Fifa.

Existem diferentes categorias de ingresso?

Sim, há quatro. Os ingressos da categoria 1 são para camarote e variam de US$ 210 a US$ 1.100. As categorias 2 e 3 se destinam à arquibancada e custam de US$ 105 a US$ 710. Na categoria 4 são oferecidos ingressos especiais a baixo custo – de US$ 20 a US$ 120 –, mas esses estão disponíveis apenas para cidadãos russos.

Tabela oficial com preços por categoria (em inglês)

Há ingressos especiais para pessoas com deficiência?

Sim, ingressos de acesso especial para pessoas com deficiência, usuários de cadeiras de rodas, pessoas com cães-guia e obesas também estão disponíveis. Não deixe de indicar qualquer condição especial ao reservar os ingressos on-line e tenha consigo um documento que prove sua elegibilidade a esse tipo de bilhete. Pessoas com acesso especial receberão também um ingresso adicional para levarem um acompanhante.

Viagem

Onde serão os jogos?

As partidas acontecerão em onze cidades-sede espalhadas pela porção ocidental da Rússia: Moscou, São Petersburgo, Sôtchi, Kazan, Kaliningrado, Iekaterinburgo, Níjni Nôvgorod, Rostov-no-Don, Samara, Saransk e Volgogrado.

Mapa de cidades-sede da Copa de 2018, na Rússia

No site da Fifa é possível conferir uma pré-agenda da Copa do Mundo. Embora seja muito cedo para saber quem jogará contra quem, esse recurso mostra qual cidade irá receber quais jogos e quando. Uma coisa, porém, já é certeza: a seleção russa abrirá a Copa do Mundo no estádio Lujniki, em Moscou, em 14 de junho de 2018.

Como chegar as cidades-sede?

Essa página na internet (em inglês e espanhol) oferece instruções detalhadas para chegar às cidades de Moscou, São Petersburgo, Sôtchi e Kazan.

Via de regra, evite tomar táxis no aeroporto, pois nem sempre são confiáveis (e, dificilmente, os motoristas falarão outra idioma sem ser o russo). A melhor opção é usar ônibus e trens expressos ​​– que levam passageiros dos aeroportos para o centro com muito mais agilidade e são relativamente mais baratos que as outras opções.

Se estiver em mais pessoas ou não quiser pegar o trem, basta recorrer ao Uber, ou a seu análogo russo Yandex.Taxi. Ambos funcionam bem em grande parte do país.

Como viajar entre as cidades-sede?

Para viajar entre as cidades-sede, há opções de voos, trens e ônibus.

Quem optar por trem, deve acessar Tutu.ru (em inglês), escolher o trajeto e o tipo de trem que corresponde a sua agenda e orçamento. O pagamento é feito on-line, sendo necessário apenas imprimir o e-ticket e levá-lo com seu passaporte para as estações.

Trens rápidos são boa alternativa no trajeto aeroporto-centro e entre cidades russas

Se a ideia de viajar de trem não lhe parece conveniente, a opção é buscar os voos mais em conta pelo agregador SkyScanner, ou no site das companhias aéreas nacionais AeroflotRossiyaS7Aurora e Pobeda (de baixo custo e, portanto, oferece serviços limitados).

Para uma viagem com mais emoção e economia, outra opção é viajar de ônibus. Se esse for o plano, visite o site da Busfor ou a seção de ônibus da Tutu. Prepare-se para apreciar a beleza da vastidão da Rússia por estrada, mas cuidado com os engarrafamentos, que podem prolongar consideravelmente o tempo de viagem.

Em qualquer um dos casos anteriores, lembre-se: quanto mais cedo você comprar as passagens, mais baratas serão!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.