10 coisas legais (mas um pouco estranhas) que os soviéticos tinham

A URSS não era conhecida pela diversidade. As pessoas em diferentes partes do país eram obrigadas a comprar os mesmos brinquedos, instrumentos, móveis e cosméticos – havia pouca variedade. Alguns desses dispositivos estranhos desapareceram com a queda da União Soviética, mas outros sobreviveram e são usados até hoje.

Furadeira manual

Quer pendurar uma foto na parede, mas está sem luz? Sem problemas! Esta furadeira soviética só requer esforço extra. 

Máquinas de cortar cabelo também manual

Acredite ou não, essa ferramenta de dar medo cortava o cabelo das pessoas, ao contrário de esfarrapá-las vivas. É um cortador manual, por isso, deve-se ter muito cuidado ao usá-lo; caso contrário, o corte pode ir muito além do cabelo.

Jogo de cassino

Apesar do nome do jogo, “Carousel-Lotto”, era basicamente um casino com roleta e fichas de jogo. O primeiro cassino na URSS só foi inaugurado em 1989 – motivo pelo qual esse tipo de jogo era novidade para muitas pessoas. Foi criado por desenvolvedores da República Soviética da Estônia e lançado em estoniano e russo.

Carro de controle remoto VAZ-2109

Esse popular carro de controle remoto soviético, muitas vezes, dava susto em crianças e nos adultos ao se mexer sem que ninguém se aproximasse do controle remoto. Este não era o único problema: para dirigir, era preciso ficar de pé, porque o sinal era fraco.

Jogo “Ao volante”

O sucesso de jogo superou o tempo – e a mudança de regime – e é fabricado até hoje. O “Za rulem” (Ao volante, em tradução livre) foi projetado para entreter crianças que adoram carros. O círculo grande gira em diferentes velocidades enquanto o motorista tenta controlar o brinquedo magnetizado com o volante. O jogador deve evitar obstáculos e dirigir sob pontes. Na velocidade máxima, essa não é uma tarefa fácil.

Console portátil soviético

Pouca gente fora do antigo espaço soviético sabe, mas as crianças da URSS tinham sua própria versão de PSP e Game Boy. No jogo “Nu, pogodi!” (Bem, espere!, em tradução livre), no console soviético portátil, a ideia era controle um lobo que pega ovos caindo de quatro direções. Esse joguinho, porém, não foi projetado por soviéticos; era na verdade uma cópia completa do modelo japonês Nintendo EG-26. 

Ábaco russo

Embora o ábaco russo (“stchoti”) tenha surgido muito antes da Revolução, foi só na época soviética que se tornaram tão populares. Com o tempo, as calculadoras foram substituindo esses objetos. Mas, em algumas escolas locais, existiram até os anos 90.

Aspirador “Foguete”

Esta não é uma nave espacial, apesar da aparência e do nome – “Foguete”. Esses utensílio era pesado e barulhento, mas realmente sugava tudo, não havia pó que tivesse chance com ele. As pessoas brincavam que, mesmo que o “Foguete” caísse do oitavo andar, ele continuaria funcionando. Tanto que alguns o usam até hoje.

Afiador de lâminas de barbear

Na União Soviética, afiar lâminas de barbear era um desafio – e é justamente aí que entra esse dispositivo estranho. Uma das marcas mais comuns era a “Klingenscharfer Sieger”, da antiga Alemanha Oriental.

Cabide-escova

Uma opção perfeita para viajantes: esse objeto dobrável e compacto ajuda a manter a roupa limpa e sem vincos. O mais importante? Nunca use a escova para os sapatos!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais