Correio Russo leva 45 dias para entregar carta a empresa a 850 metros de distância

Aleksandr Kondratuk/RIA Novosti
Funcionários do serviço foram comparados a caracóis, tartarugas e preguiças.

O Correio Russo, serviço federal de correspondência, exigiu que a agência de notícias RostovGazeta remova uma história de seu site no qual rotula a empresa de entrega como “a mais lenta do país”. O serviço demorou 45 dias para enviar uma carta à agência, situada a 850 metros de distância de um dos postos do Correio.

A RostovGazeta respondeu à intimação com uma reportagem irônica, comparando a velocidade dos carteiros com as criaturas mais lentas do mundo: caracóis, tartarugas e bichos-preguiça.

De acordo com os cálculos da agência, uma tartaruga entregaria a mesma carta seis mil vezes mais rápido, e uma preguiça, cerca de 200 vezes. A publicação ressalta que apenas o recorde de lentidão do caracol “continua imbatível”.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies