30% de ingressos da Copa de 2018 foram reservados por estrangeiros

Torcedores exibem faixa "Bem-vindos à Copa de 2018 na Russia" durante partida da Euro 2016, na França.

Torcedores exibem faixa "Bem-vindos à Copa de 2018 na Russia" durante partida da Euro 2016, na França.

AP
Alemanha e Brasil lideram países que mais pediram entradas para os jogos.

Mais de 30% dos ingressos já reservados para as partidas da Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia, foram adquiridos por estrangeiros.

A Alemanha, o Brasil e a Argentina são os países cujos fãs reservaram o maior número de ingressos até agora, segundo um comunicado de imprensa da FIFA.

O primeiro período de vendas acabou em 12 de outubro às 12h (hora de Moscou). Se o número de inscrições exceder o número de ingressos disponíveis, eles serão distribuídos por sorteio.

"Cerca de 70% dos ingressos foram reservados por russos e 30% por cidadãos de outros países. Os mais ativos são os fãs da Alemanha, Brasil, Argentina, México, EUA, Colômbia, Egito, China e Polônia", informou o comunicado.

A primeira Copa do Mundo realizada na Rússia acontecerá entre 14 de junho e 15 de julho. Os jogos serão realizados em Moscou, São Petersburgo, Kaliningrado, Volgogrado, Kazan, Níjni Nôvgorod, Samara, Saransk, Rostov-no-Don, Iekaterinburgo e Sochi.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies