De Tolstói a Putin, relembre 7 russos adeptos do ciclismo

Embora nos países ocidentais, sobretudo na Europa, seja comum encontrar políticos ou celebridades andando de bicicleta, para os russos (assim como brasileiros), isso ainda é exceção. Relembre 7 russos famosos que já foram vistos sobre duas rodas.

As bicicletas são um meio de transporte em diversos países do Ocidente, mas, na Rússia, onde é frio a maior parte do ano, essa atividade foi, por muitos anos, apenas uma forma rural de entretenimento e exercício. Nas últimas décadas, com o maior estímulo a vida saudável e novas ciclovias, essa realidade vem mudando aos poucos.

A primeiríssima bike

Monumento ao inventor da bicicleta Iefim Artamonov em Iekaterinbrugo

Reza a lenda (talvez, real) que um servo russo de Níjni Taguil criou a primeira bicicleta e a enviou por seu mestre a São Petersburgo para surpreender o tsar. Para chegar lá, o homem teria cruzado cerca de 1.600 quilômetros usando a invenção. Ao contrário das versões mais modernas, porém, o primeiro modelo era bastante desconfortável, já que o assento era posicionado logo acima da roda. Impressionado com a criação, o imperador Alexandre 1º teria até concedido liberdade ao servo.

Nicolau 2º

Nicolau 2º foi o Romanov que mais adorava bicicletas

Os membros da família Romanov adoravam andar de bicicleta. Alexandre 2º, por exemplo, costumava circular com a sua pela residência imperial em Tsárskoie Selô, perto de São Petersburgo. Seus filhos, que trilharam o mesmo caminho, deixavam os guardas chocados ao andar de bike pelos corredores do palácio depois de ganharem suas primeiras bicicletas em pleno inverno. De todos os Romanov, no entanto, o neto de Alexandre, Nicolau 2º, foi, provavelmente, o que mais adorava ciclismo.

Lev Tolstói

Lev Tolstói e sua mulher Sofia Andreievna na década de 1890

Tolstói era um esportista inveterado. Entre seus passatempos estavam longas caminhadas, ginástica, natação e passeios a cavalo. Não é à toa que o escritor também foi um dos primeiros – e, certamente, um dos mais famosos – ciclistas russos. Em 1895, a Sociedade de Ciclistas de Moscou homenageou o autor com um presente verdadeiramente generoso: uma bicicleta Rover. Na época, Tolstói, aos 67 anos, não só aprendeu a andar sobre duas rodas, como também ensinou seus filhos.

Konstantin Tsiolkovski

Vladímir Chukhov

Konstantin Tsiolkovski em Kaluga

O cientista, engenheiro e pioneiro em pesquisa espacial Konstantin Tsiolkovski também começou a andar de bicicleta com idade avançada. Os moradores de Kaluga, cidade natal de Tsiolkovski a 200 quilômetros de Moscou, o consideravam um ‘velho louco’ ao observá-lo atravessando rapidamente em direção a sua casa de madeira nos arredores da cidade. Hoje, o centro de Kaluga ostenta um monumento a Tsiolkovski no qual o pesquisador é retratado olhando para o céu ao lado de sua bicicleta. 

Vladímir Chukhov

Vladímir Chukhov

O criador da famosa Torre Chukhov e de várias outras construções metálicas, Vladímir Chukhov, não era apenas um arquiteto e engenheiro inovador, mas também um homem alegre interessado por ópera, teatro, xadrez e ciclismo. Certa vez, ao entrar no Manege, em Moscou, o chefe da empresa de construção para a qual trabalhava, Aleksandr Bari, encontrou Chukhov participando de uma corrida de bicicleta. Um grupo de pessoas gritava “Vai, ruivo, vai”, e, para felicidade geral, Chukhov foi, de fato, o grande vencedor da brincadeira.

Vladímir Putin e Dmítri Medvedev

Medvedev e Putin na residência do premiê

O presidente e o primeiro-ministro da Rússia são praticantes de esqui e também costumam frequentar academias. Mas, ainda assim, eles fizeram uma aparição pública sobre duas rosas durante uma reunião informal na residência do premiê em Górki 9.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais