Luxo na Rússia: Dior estabelece novo recorde de vendas

Aleksandr Tchapligin/Russian Look/Global Look Press
Filial da marca tem recorde de vendas, com receita de quase US$ 15,8 milhões em 2019.

A filial da Christian Dior na Rússia em 2019 bateu seu recorde de vendas, com receitas que ultrapassaram 1,1 bilhão de rublos (quase US$ 15,8 milhões) – contra os 935 milhões de rublos (US$ 13,4 milhões) de 2018, segundo o sistema de análises financeiras “Spark”.

Mas, apesar desse resultado, as taxas de crescimento da Dior diminuíram 6,6% em relação ao ano anterior, segundo o jornal econômico russo RBC. Isto porque seu faturamento total em 2019 fpo  de 3,56 bilhões de rublos, em comparação aos 2,428 bilhões de rublos em 2018.

De acordo com o RBC, a mesma tendência é registrada na maioria das empresas de luxo na Rússia.

Segundo a diretora do Fashion Consulting Group, Anna Lebsak-Kleimans, a demanda por luxo de produção nacional é que está crescendo. Isto ocorre devido à inflação da moeda russa, motivo pelo qual muitos clientes se recusam a comprar bens importados.

A diretora da Deloitte, Oksana Kójina, confirma que o mercado de bens de luxo na Rússia cresceu em 2019, mas de maneira mais modesta que em 2018.

"O crescimento mais lento das vendas de bens de luxo também é resultado de um declínio no turismo, que foi muito alto em 2018 por causa da Copa do Mundo de Futebol na Rússia", disse Kójina ao RBC.

LEIA TAMBÉM: Os hotéis, restaurantes e apartamentos mais caros da Rússia (FOTOS)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies