Resultados econômicos da Copa na Rússia foram melhores que no Brasil

Piotr Kovaliov/TASS
Impacto positivo foi maior também do que na África do Sul, na Alemanha ou na Coreia do Sul.

Entre 2013 e 2018, o efeito da Copa do Mundo de 2018 sobre o Produto Interno Bruto (PIB) russo resultou em um lucro de US$ 14,5 bilhões, ou seja, o PIB anual cresceu cerca de 1%, segundo a agência de notícias russa RIA Nôvosti.

De acordo com pesquisa realizada pelo comitê organizador da Copa, embora a influência sobre o PIB tenha começado a ser registrada em 2013, mais da metade de seu impacto total ocorreu entre 2017 e 2018.

Nestes anos, o crescimento do PIB ligado à realização da Copa foi de 0,4% por ano.

Segundo a pesquisa, no próximos cinco anos, as receitas ligadas à Copa estarão entre os US$ 2,2 e os US$ 4 bilhões. Um terço deste valor se deve ao crescimento do turismo na Rússia.

O impacto do evento esportivo sobre PIB da Rússia ultrapassou o ocorrido no Brasil, África do Sul, Alemanha e Coreia do Sul, e é equiparável apenas aos números registrados no Japão, segundo a pesquisa.

Os jogos da Copa do Mundo de 2018 foram realizados entre 14 de junho e 15 de julho em 12 estádios de 11 cidades russas.

Os torcedores estrangeiros que visitaram a capital russa durante a Copa do Mundo deixaram apenas ali cerca de US$ 1,55 bilhão, segundo a prefeitura de Moscou.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies