Rússia e América Latina planejam realizar pagamentos mútuos em moedas nacionais

Legion Media
Parte da prestação de contas russa com a China e países do Oriente Médio já é realizada em rublos.

A Rússia está trabalhando ativamente para trocar o dólar americano por moedas nacionais em transações com os países da América Latina, Oriente Médio, Ásia e África, disse à agência Ria Nôvosti o ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Denís Mánturov.

"Este processo [de transição para pagamentos em moedas nacionais] não é rápido, não é uma resposta às sanções financeiras. Realizamos este trabalho sistematicamente há anos, acumulamos a prática e já temos experiência de como trabalhar com os bancos comerciais e com os Bancos Centrais de outros países. Em primeiro lugar, estamos colaborando com os países do Oriente Médio, Sudeste Asiático, América Latina e África neste aspecto", disse Mánturov.

O ministro russo não especificou quais empresas já estão fazendo pagamentos no exterior em moedas nacionais, mas ressaltou que são principalmente as grandes empresas que se veem forçadas a fazê-lo devido às sanções dos Estados Unidos.

Em geral, porém, a quantidade de transações feitas em moedas nacionais, segundo Mánturov, "permanece insignificante".

O presidente russo Vladimir Putin declarou anteriormente que a Rússia não tem intenção de desistir de investir em dólares ou de realizar pagamentos com a moeda norte-americana, mas que está ciente dos riscos das sanções financeiras e está tentando minimizá-los. 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies