Onde são produzidos os icônicos trens Moscou-Paris?

Alexander Ryumin/TASS
Veículos projetados pela Tver Carriage Works, um dos principais fabricantes no Leste Europeu, podem ser vistos nas estações de algumas das principais cidades da Europa, como Paris, Berlim, Varsóvia, Praga e Nice.

Os vagões de trem fabricados pela Tver Carriage Works são usados nas rotas internacionais de Moscou para Paris, Nice, Helsinque, Praga e Varsóvia. 

A origem da Tver Carriage Works, um dos mais antigos fabricantes de material circulante da Rússia, remonta a 1898, quando foi fundada pela empresa franco-belga Dyle et Bacalan.

Durante a ocupação de Tver na Grande Guerra Patriótica (de 1941 a 1945), a fábrica foi totalmente destruída, mas acabou sendo rapidamente restaurada após a libertação. Tornou-se um dos mais importantes fabricantes de equipamento de defesa na URSS e, além de trens, produzia bombas aéreas, granadas, morteiros e outras armas.

Atualmente, a fabricante produz uma ampla gama de vagões e locomotivas tanto para ferrovias como metrôs, bem como bondes.

Com mais de 6.100 funcionários, a planta está entre as maiores fabricantes de material circulante, não apenas na Rússia, mas também em todas as ex-repúblicas soviéticas.

Mais de mil vagões são produzidos anualmente pela Tver Carriage Works.

Em 2009, a empresa iniciou a produção de vagões de dois andares, atípicos na Rússia.

Em cooperação com a Siemens AG, a Tver Carriage Works produz vagões projetados conforme exigências do International Coach Regulations, ou Regolamento Internazionale delle Carrozze (RIC), que define os parâmetros para os trens de passageiros em circulação na Europa.

As locomotivas e os vagões já acabados são enviados para os clientes pela ferrovia especial da usina integrada à linha Moscou-São Petersburgo.

O equipamento da Tver Carriage Works não é apenas usado pela Russian Railways, mas também exportado para Cazaquistão, Bielorrússia, Letônia, Lituânia e Mongólia.

Curtiu? Conheça 9 trens russos modernos que você precisa experimentar.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais
Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.