Petrobras quer intensificar cooperação com a Rússia

ZUMA Press/Global Look Press
Negociações são travadas por sanções norte-americanas contra Moscou, segundo o presidente da petrolífera brasileira. Setor de gás é um dos mais proeminentes.

A Petrobras está interessada em aumentar a cooperação com a Rússia no setor de gás, segundo informou o presidente da empresa, Pedro Parente, à agência RIA Nôvosti.

“A cooperação com a Rússia poderia ser mais muito mais intensa, e teremos o maior prazer em considerar essa possibilidade”, declarou Parente.

“Mas as negociações devem ser conduzidas em nível governamental. Se qualquer empresa russa quiser discutir ideias de parceria conosco, nós, certamente, consideraremos [as propostas]”, acrescentou.

Pedro Parente, atual presidente da Petrobras

Segundo Parente, a prioridade da petrolífera brasileira seria ampliar a cooperação no setor de gás natural. “O gás é uma área estratégica e muito importante para a Petrobras. Uma vez que a Rússia tem muita experiência nesse setor, esse poderia ser o tema principal das negociações”, disse o empresário.

Atualmente, porém, as sanções financeiras dos Estados Unidos contra a Rússia têm atravancado as conversações entre as partes. “Quando consideramos os investimentos e as parcerias, precisamos levar em conta as condições geopolíticas”, concluiu Parente.

Leia também “Gazprom quer ampliar oferta de gás para o Brasil”. 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies