Gazprom quer ampliar oferta de gás para Brasil

Prazo do acordo com o Brasil dependerá das autoridades brasileiras e do volume de gás que será fornecido pela Bolívia.

Prazo do acordo com o Brasil dependerá das autoridades brasileiras e do volume de gás que será fornecido pela Bolívia.

DPA/Vostock-Photo
Gigante do gás russo estabelecerá nova joint venture com Bolívia que poderá auxiliar no fornecimento de gás natural para países vizinhos.

Está prevista para este ano a assinatura de um acordo final entre a Gazprom, maior fabricante de gás natural da Rússia, e a Bolívia.

A proposta é firmar uma joint venture para o fornecimento de gás natural para outros países da região.

Os principais focos são o Brasil e a Argentina, segundo informações da agência de notícias Ria Nôvosti.

Ainda de acordo com fontes ouvidas pela agência, o memorando sobre a cooperação nesta área foi assinado em outubro de 2017 pelos diretores da Gazprom International, da Gazprom Marketing and Trading, da YPFB e pelo ministro dos Hidrocarbonetos e Energia da Bolívia, Luis Alberto Sanchez.

O prazo do acordo com o Brasil dependerá das autoridades brasileiras e do volume de gás que será fornecido pela Bolívia.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies