Custo de aluguel de escritório em Moscou sofre queda superior a 20%

Ruslan Krivobok/Sputnik
Valor é mais baixo que imóveis comerciais em Pequim, na China, ou em Déli, na Índia.

A cidade de Moscou, a maior da Rússia, ocupa a 23ª posição em um ranking global que analisou os custos de aluguel de escritório em 46 cidades. O levantamento foi divulgado pela JLL, empresa especializada em gestão imobiliária e de investimentos.

Os pesquisadores descobriram que o Distrito Central de Hong Kong (em média, US$ 3.470 por metro quadrado ao ano), a região de Midtown Manhattan, em Nova York (US$ 2.080), e área central de West End, em Londres (US$ 2.070) são os locais onde os imóveis possuem aluguel mais valorizado no mundo. Moscou, por sua vez, teve queda ao longo dos três últimos anos, de US$ 1.140 em 2015 para US$ 955 em 2017.

Além das três cidades já citadas, Pequim (China) e Déli (Índia) figuram no top 10 do ranking, com US$ 2.040 e US$ 1.580 por metro quadrado, respectivamente.

Segundo Elizaveta Golicheva, diretora nacional da JLL na Rússia e países da CEI, a desaceleração geral do mercado de aluguel de luxo e a crescente quantidade de imóveis desocupados fizeram “com que os proprietários ficassem mais abertos ao diálogo”, barateando o custo de aluguel de escritórios na capital russa.

Quer saber como abrir uma empresa na Rússia?
Leia "Três maneiras de abrir um negócio legalmente na Rússia"

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies