Novas notas de rublos, de 200 e 2.000, são semelhantes a euros

Cédulas já estão em circulação em Moscou, na Crimeia e no Extremo Oriente.

As novas notas de rublos lançadas na Rússia, no valor de 200 e 2.000 rublos (cerca de R$ 11 e R$ 100, respectivamente) parecem ter sido inspiradas pela moeda europeia.

A de 200 rublos, de tom esverdeado, tem cor parecida à nota de 100 euros, enquanto a de 2.000 rublos, de tonalidade azul, lembra a nota de 20 euros.

O antigo estilo usado para indicar os números também mudou e parece seguir o padrão europeu: os novos dígitos são mais finos e alongados. A fonte recentemente adotada, tem, porém, a função de facilitar o reconhecimento por deficientes visuais.

Outros aspectos, incluindo o formato das novas notas, continuam sendo projetados de acordo com o design convencional das notas de rublo.

A principal inovação, no entanto, é um código QR (código de barras bidimensional) impresso no canto inferior direito das novas notas: ao escaneá-lo, o portador da nota é redirecionado ao site do Banco Central da Rússia, onde são descritas em detalhes as várias camadas de proteção usadas na produção das novas moedas em papel.

A nota de 2.000 rublos apresenta marcos de duas cidades diferentes: a Ponte Russky, em Vladivostok, e o Cosmódromo de Vostochny, na região de Amur. Já a cédula de 200 rublos, exibe dois pontos turísticos de Sevastopol: o Monumento aos Navios Afundados, e Quersoneso (as ruínas de uma antiga colônia grega localizada na parte sudoeste da península da Crimeia). Todas as imagens apresentadas nas novas notas foram selecionadas por meio de voto popular na internet.

O Banco Central da Rússia começou a distribuir as novas cédulas na Crimeia e no Extremo Oriente – as regiões expostas nas novas anotações –, e na capital russa. Porém, acredita-se que, em breve, as notas já estarão rodando por todo o país.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies