7 filmes soviético-russos que o farão chorar pencas

Cena do filme "Quando Voam as Cegonhas", 1957

Cena do filme "Quando Voam as Cegonhas", 1957

Mikhail Kalatozov/Mosfilm, 1957
A maioria dos dramas soviéticos e russos é dedicada à Segunda Guerra Mundial. O Russia Beyond selecionou o mais comovente deles, bem como filmes com outras temáticas que são igualmente emocionantes e não os deixarão indiferentes. Falta de sorte, dramas do primeiro amor, mal entendidos entre pais e filhos, bem como a história muito triste de um cachorro.

  1. Quando Voam as Cegonhas, 1957

Os jovens e bonitos Boris e Veronika estão felizes e apaixonados. Os dois estão prestes a se casar e caminham romanticamente por Moscou até o amanhecer. Quando voltam para casa, descobrem que naquela mesma noite a guerra eclodiu. Boris vai para a linha de frente como voluntário, e a guerra os obriga a seguir caminhos diferentes. Eles se encontrarão de novo?

Dirigido por Mikhail Kalatozov, “Quando Voam as Cegonhas” recebeu a Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes. Este longa foi o primeiro a mudar a cara do cinema de guerra soviético, pois retrata o drama não apenas no campo de batalha – guerra e perda tocam e arruínam a vida de todas as pessoas, inclusive civis, não somente de soldados.

  1. Auroras Nascem Tranquilas, 1972

Segunda Guerra Mundial, Frente Oriental, florestas da Carélia, norte da Rússia, 1942. O sargento-ajudante Fedot se queixa de que todos os seus soldados estão se embebedando e se divertindo em levar a situação a sério. Os comandantes lhe enviam então novos soldados – cinco jovens mulheres recém-formadas na escola militar. O grupo detecta dezenas de batedores nazistas na floresta, e o sargento Fedot tem que lutar contra eles recorrendo apenas à unidade de cinco garotas. Infelizmente, nem todos sobreviverão ao confronto desigual.

Dirigido por Stanislav Rostotski, o longa é baseado no romance homônimo de Boris Vassíliev, que era um dos livros mais populares sobre a Segunda Guerra Mundial na URSS. Embora todos os filmes de guerra sejam tristes, este irá partir seu coração.

Assista abaixo ao filme na íntegra com legendas em espanhol.

  1. Only Old Men Are Going Into Battle (Somente Velhos Vão à Batalha, em tradução livre), 1973

Um esquadrão do Exército Vermelho acaba de receber novos pilotos graduados. Os jovens corajosos, porém ingênuos, estão ansiosos para entrar em confronto e derrubar aviões de combate nazistas. No entanto, os pilotos mais experientes, apelidados de “velhos”, não deixam os jovens entrarem na luta – eles querem que os novatos treinem um pouco mais, pois sabem como esses voos são arriscados. O esquadrão é amigável e tem sua própria orquestra amadora. Ao longo do filme, os espectadores se apaixonam por cada um desses pilotos, mas também descobrem que nem todos irão desistir de suas missões.

Dirigido por Leonid Bikov, que também interpreta o protagonista, este é um dos filmes mais populares sobre a Segunda Guerra Mundial. Não por acaso é transmitido na TV russa todos os anos no Dia da Vitória, em 9 de maio. O longa também imortalizou uma canção da época de guerra chamada “Smuglianka”, que continua sendo popular na Rússia.

  1. White Bim Black Ear (Bim Branco Orelha Preta, em tradução livre), 1977

Um cachorro da raça setter inglês, chamado Bim, tem uma caraterística peculiar – embora seja todo branco, uma de suas orelhas é totalmente preta. Seu tutor é Ivan, veterano da Segunda Guerra Mundial já aposentado. Ivan leva Bim à floresta para caçar e os dois passam um bom tempo juntos. Certo dia, Ivan tem que sair para realizar uma cirurgia e pede a um vizinho que cuide de Bim enquanto estiver ausente – mas Bim foge para procurar seu amigo. Eles se encontrarão novamente? Sem spoilers, mas com muito drama.

Também dirigido por Rostotski, este filme foi indicado ao Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira. Também foi reconhecido como o melhor filme de 1977, de acordo com uma pesquisa com os leitores da revista “Tela Soviética”. E não por acaso – depois de assistir a essa história, você vai pensar que “O Conto de Hachiko” é um passeio no parque.

Assista abaixo ao filme em 2 partes com legendas em espanhol (é preciso clicar no botão de legenda para que apareçam).

  1. Love and Lies (Amor e Mentiras, em tradução livre), 1981

Roma e Kátia são estudantes do ensino médio que se apaixonam e começam um relacionamento inocente e cheio de ternura. No entanto, a mãe de Roma é contra esse amor; ela tem ciúmes e não gosta de Kátia. Isso porque o pai de Roma costumava ser apaixonado pela mãe de Kátia quando eles eram jovens. Diante da situação, a mãe de Roma tenta arruinar o amor dos jovens e separá-los, mas ela acaba apenas piorando as coisas.

No cinema soviético, crianças e adolescentes costumavam ser mostrados no contexto da infância, em jogos engraçados ou, ao contrário, em cenas heroicas e de alta moral. Dirigido por Iliá Frez, este trabalho é um dos raros dramas de adolescentes soviéticos que falam sobre amor – e a trilha sonora é composta por uma canção popular de partir o coração.

  1. O Barbeiro da Sibéria, 1998

Estamos no final do século 19. Um engenheiro norte-americano leva sua nova invenção à Rússia: uma máquina capaz de cortar madeira. Sua jovem e bela esposa, Jane, o acompanha na missão e conhece um jovem cadete matriculado em cursos militares do Império Russo – e é claro que os dois se apaixonam. Tempos turbulentos, juventude, bravura e atitudes excêntricas enfim conduzem o cadete para a Sibéria. Mas será que Jane se recordará dele?

Esta é uma obra épica dirigida por Nikita Mikhalkov e fará você não apenas chorar, mas também sorrir. O longa apresentada diversos lados da vida da Rússia Imperial, de círculos tsaristas e nobres a camponeses comuns. A atriz inglesa Julia Ormond interpreta o papel feminino principal, ao logo do famoso ator russo Oleg Menchikov.

Assista abaixo ao filme na íntegra com legendas em português (é preciso clicar no botão de legenda para que apareçam).

  1. Sem Amor, 2017

Boris e Jênia são casados, mas o amor entre eles acabou. Eles decidem se divorciar, mas nenhum dos dois quer cuidar de seu filho, Aliocha. Ambos pensam que o garoto os impediria de viver suas novas vidas. Aliocha ouve, acidentadamente, uma conversa entre eles; de tão chateado, o adolescente resolve fugir. Assim que os pais descobrem que o menino sumiu (o que não ocorre de imediato), eles passam a procurá-lo com a ajuda de outras pessoas.

Dirigido por Andrei Zvyagintsev, provavelmente o diretor mais famoso da Rússia contemporânea, este longa foi agraciado com o prêmio especial do júri no Festival de Cannes e indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro na categoria Melhor Filme em Língua Estrangeira.

LEIA TAMBÉM: 5 razões para assistir a ‘Cidade dos Mortos’, nova série russa da Netflix sobre uma epidemia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies