Pussy Riot fará shows em Recife e São Paulo

Reuters
Apresentações acontecem em 19 de abril de 2019 no festival Abril pro Rock e em 20 de abril no Fabrique Clube.

As moças do Pussy Riot, que ganharam fama em fevereiro de 2012 ao entoarem músicas contra o presidente russo no altar e no púlpito da Catedral do Cristo Salvador, em Moscou, farão uma apresentação no dia 19 de abril no festival Abril pro Rock, em Recife, e em 20 de abril no Fabrique Clube, em São Paulo.

"Estamos empolgadas em anunciar as datas do nosso tour na América do Sul! Tão felizes de ver vocês em breve, queridos pussyrioters!", escreveu o grupo em sua página do Facebook.

Devido à ação de protesto de 2012, que durou apenas 41 segundos dentro da catedral, três das componentes do grupo foram condenadas à prisão: Nadejda (Nádia) Tolokonnikova, Maria Alekhina e Ekaterina Samutsevich.

As três foram libertadas em épocas diversas, o que gerou um racha no grupo inicial. Samutsevich, hoje fora da banda, atuava junto a Alekhina e Tolokonnikova já antes da formação do Pussy Riot, ainda no coletivo de arte-protesto Voiná.

Após a libertação, Alekhina e Tolokonnikova passaram a fazer campanha por melhorias nas condições dadas aos prisioneiros, participaram de programas entrevistas e até do seriado “House of Cards”.

LEIA TAMBÉM: Tsoi, o roqueiro que cantou a perestroika

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies